sábado, 24 de julho de 2010

DEVAGAR E SEMPRE


Um simples corte no dedo para mim hoje em dia, é um "Deus nos acuda". Quando trabalhava em outras atividades pesadas, por exemplo, sem nenhuma blasfêmia ou heresia, se eu cortasse os dedos diria que Deus me acudiu daquele sofrimento físico para me garantir alguns dias de atividades em trabalhos menos penosos. Agora que vivo a digitar e ler, exercendo aquele trabalho que acredito enobrece o homem de verdade, ou seja,  por puro prazer, nem imagino a hipótese ficar capenga das mãos ou dos olhos.

Acho que descobri porque jogadores fazem seguros de suas pernas, as modelos de suas partes mais chamativas. Só que não meu caso, de que adiantaria um seguro? indenização para desfrutar a desgraça? Não, obrigado! Tem uns seguros que são o consolo material para o infortúnio que dinheiro nenhum dá jeito.

Também não quer dizer que seja o fim do mundo. Comecei a escrever este texto enfurecido e maldizendo a dor e o acaso por causa de uns cortes que tive na mão que me deixaram meio bravo por não poder fazer o meu ofício mais caro, até que me deparei com  o pensamento de que “o que não me destrói me fortalece”. Vai gostar de sofrer assim hein, Niesztche?

 O potencial de superação que possuímos pode não ser infinito mas há muitos meios de se driblar deficiências, especialmente quando elas são o motivo de obstrução do que nos mantêm vivos, ativos e operantes. Para quem quer, aleijão não se torna obstáculo intransponível. Há muito tempo assisti a um filme muito bom chamado Meu Pé Esquerdo,  onde tudo o que um homem fazia era com o pé esquerdo por causa de uma atrofia no restante dos seus órgãos. E o seu mais valioso fazer era escrever e pintar quadros. A história é baseada em uma biografia de um escritor e pintor irlandês. Filme emocionante e estimulante para qualquer um que tenha algum embaraço com seus órgãos.

Então fiquei relaxado, porém demorando mais a fazer o que faço normalmente com mais ligeireza e consolado da aflição besta. Cá estou, cheio dos curativos “catando” as teclas com os famosos dois dedos igual a quem não fez curso de datilografia ou digitação. Dentro da média histórica de 400 toques por minuto no teclado, não estou conseguindo nem a metade Você que me lê, saiba que vou lá no seu blog ou responder por e-mail. Se demorar, não fique nervoso (a) comigo.. Obrigado, muita paz e muito bem.

8 comentários:

Helena Frenzel disse...

Também estou "dodói" e entendo o que é estar impaciente. Fiquei somente alguns dias numa cama de hospital e no quarto ao lado vi gente que nem podia se mexer... Nessa hora só pude agradecer a Deus os poucos "arranhões" que tive e me envergonhei pelo estúpido egoímo. Que melhores rápido, amigo. Paz e bem pra você também - e não precisa se preocupar em responder :-) Um abraço fraterno!

pensandoemfamilia disse...

Olá
Lamento pelo acontecido, mas realmente quando temos qualquer problema com nossa saúde, valorizamos o que consideramos banal no cotidiano. Eu vi o filme citado e realmente o poder de superação é espetacular.
Fique a vontade em relação as respostas no blog.
Melhoras, bom final de semana.

Adh2bs disse...

Prezado Cacá;
Primeiramente, estimo suas melhoras e pronto restabelecimento. "Segundamente", lamento informar que o record de lentidão deverá permanecer na posse deste seu amigo virtual, e com as mãos inteiras! "Terceiramente", veja se não pode servir como alerta para um excessivo desdobramento no trabalho, casando o período de recuperação com um repouso necessário, ainda que meio forçado...
Enfim, grande abraço e, melhoras!
Adh

Miriam de Sales Oliveira disse...

Que tudo fique bem logo.N/ nos prive dessas pérolas diárias. Quero ver as fotos de Mariana. bjks

Mulher na Polícia disse...

Sei como é.

Tive uma lesão recente num dedo da mão direita que só doi quando é pressionado de mal jeito. Mas quando isso acontece eu vejo estrelas seja a que hora do dia for.

São coisinhas simples, mas como incomodam, né?

Melhoras, Cacá.
Beijinho pra sarar.

Celina disse...

OI CACÁ MELHORAS PARA VC, NÃO SE PREOCUPE, ESTAREMOS SEMPRE AQUI, POSSA OU NÃO RESPONDER OS NOSSOS COMENTÁRIOS, O IMPORTANTEE VC FICAR BOM LOGO. MUITA SAÚDE E PAZ PARA VC UM ABRAÇO CARINHOSO. CELINA

Isadora disse...

Olá Cacá vim retribuir a visita e digo que por aqui fico também. Espero que você fique bom rápido para exercer esse maravilhoso ofício, ainda que por alguns dias sem tanta ligeireza.
Um beijo e bom final de semana

Toninhobira disse...

Melhoras amigo,acidentes acontecem.O filme é muito bom mesmo.Mas esta do Niesztche, é mesmo demais.Vamos proseando.Um abraço.

Web Statistics