sábado, 28 de agosto de 2010

AMOR E ÓDIO


O egoísmo sendo instinto de sobrevivência no homem, a ganância sendo adquirida e, tendo ele ao longo de sua história desenvolvido relações sociais em que prevalece a propriedade particular dos bens que produz, criou-se um estado mental coletivo da posse material e não se separou isso das relações afetivas. Por isso (creio), confunde-se muito amor e posse. Será que o sentimento de ódio advém daí?

8 comentários:

Chica disse...

Uma questão complicada essa.De tanto se achar dono, até do amor,as coisas se confundem quando uma das partes se afasta...abração,lindo dia e tudo de bom,chica

Elaine Barnes disse...

Amor e posse não combinam. Sempre tras desconforto e sensação de estarmos presos e não livres para amar. Creio que perdemos a expontaneidade. Montão de bjs e abraços

Georgia disse...

Oi Cacá, sou uma das editoras do blog O que elas estao lendo. Tenho acompanhado seu interesse em estar lá conosco e vim aqui te conhecer.

Você também poderá nos enviar uma resenha se desejar. Apesar de ser um blog bem feminino, mas adoramos receber uma dica masculina.

Amor e Posse, dois lados do amor, dois lados da posse que muitas das vezes nao podem andar sozinhos.

Bom fim de semana

Marliborges disse...

Eu também achava, Cacá, mas andei lendo por aí que ódio e amor são incompatíveis e que o contrário de amor seria desamor. E que ódio tem outra natureza. Não sei, nem quero saber. E... detesto fazer crochê!!! hahaha!! Bjssssss

Thomaz Ribeiro disse...

É Cacá, esse mosáico que é a humanidade torna difícil indica as origens do que somos e fazemos. Infelizmente as coisas boas e ruins se confundem, nos tornando amplamente contraditórios.

pensandoemfamilia disse...

Oi Caca
Não acho que necessáriamente o ódio vem daí.
O ódio é mais do que reatividade, é uma mágoa intensa, uma desejo de vingança. Diz-se que amor e ódio caminham juntos que o contrário é a indiferença. Portabto, são muitas as conjecturas....
Na realidade o ódio o mantem priosioneiro do outro.
bjs

lis disse...

Oi Cacá
O amor um sentimento tão sublime , uma sensação gostosa , nao pode combinar com sentimento taõ mesquinho , agressivo como o ódio.
Penso que são dois extremos.
uma boa semaninha , tudo de mmelhor
com carinho e abraços

Lisa Alves disse...

O ódio é a constatação que a posse não é real e o amor é a ilusão da posse.
abraços

Web Statistics