domingo, 5 de junho de 2011

TRAGÉDIA HUMANA DIÁRIA

MUNDO, MUNDO, VASTO MUNDO

O progresso cobriu a poeira da estrada. Levou junto, o empório, a caderneta do fiado, a xicrinha de açúcar emprestada da comadre... Parece que está levando também a boa educação, os bons modos, a gentileza, a generosidade....

7 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Lamentavelmente, é isso mesmo, meu querido Cacá...
Em poucas linhas você resume um tempo tão bom!
Ai, a caderneta , lá em casa, gerava grandes reprimendas, em face à quantidade de doces ...
Grande abraço, meu querido.

Tati disse...

Eu sinto saudade deste tempo. Sabe que morei num condomínio onde ainda se trocavam xícaras de açúcar, pedaços de bolo, limões... Mas agora, no apartamento, que me dê por satisfeita de trocar "Bom dia" e "Boa noite"... Sinto saudade!!!
Às vezes sinto que minha família é uma ilha num mar revolto... Mas a gente não pode mudar. Temos que nos manter assim, caipiras, sendo até chamados de bobos, mas nos mantermos neste caminho. É assim que penso! Beijos meu amigo.

Maria disse...

Sim amigo o progresso também está infelizmente trazendo a indiferença e tornando mais frios os corações dos homens.
Bom domingo e uma excelnet semana.
Beijinhos
Maria

Sue disse...

Oiii!
Passando, parando, gostando, seguindo... rsrs...
Deixando um beijinho!

Toninhobira disse...

Primeiro tiraram os bancos das portas das casas,depois o fio fo bigode e aí meu amigo não pararam mais.Triste mundo que não rima com Raimundo, mas fica bem com buraco fundo,onde nos metemos.
Bela sintese critica.
Um abração.

Web Statistics