domingo, 19 de junho de 2011

TRAGÉDIA HUMANA DIÁRIA - AS BRECHAS NAS LEIS

Um dos meios de livrar-se de penalidades nos crimes comuns é envolver um menor como o responsável. Agora temos mais um aparecendo com frequência crescente: a inimputabilidade por alegação de insanidade mental. Não dá para generalizar a verdade nem dá para desconsiderar a fraude.

EIS ALGUNS EXEMPLOS. SE QUISER SABER MAIS, CLIQUE EM CADA TÍTULO

21 comentários:

Celêdian Assis disse...

Olá, meu amigo!

Há um caos que vai se instalando no julgamento dos valores do homem nas sociedades modernas. A inimputabilidade nos dois sentidos que você apontou, além de tantos outros que estamos assistindo, deixam uma desagradável sensação de que a vida humana nada significa perante as leis que regem a sociedade em que ele vive.
Ótima abordagem, Zé!
Um grande abraço.
Celêdian

✿ chica disse...

Putz, essas "BRECHAS" são de matar... Não dá pra querer mesmo!!!
Isso é a justiça... abração,chica e lindo domingo!

Elaine Barnes disse...

A impunidade é que aprisiona a gente em nossos medos. Agora o Edmundo que matou as pessoas embriagado...Demorou tanto que prescreveu. Acho que a justiça é que tem insanidade mental rs... MontÃO DE BJS E ABRAÇOS

Cynthia disse...

Amigo José, infelizmente a psicopatia mora ao lado. O pior é que se encontra em muitas religiões. As pessoas são domadas por psicopatas. E necessário a sociedade obter um conhecimento mais amplo sobre a doença. Abraço Cy

Zélia Guardiano disse...

Excelente, Cacá!
Fico pensando com meus botões: na hora de votar, para eleger os corruptos que bem sabemos, são considerados responsáveis... Não é intrigante?
Tenha um excelente domingo, amigo!
Abraço apertado.

Leninha disse...

Cacá querido,em um país como o nosso,onde reina a impunidade,nada mais nos surpreende.Somos nós os verdadeiros prisioneiros,do nosso silêncio,da nossa revolta muda,que não nos conduz a protestos,que não nos leva às ruas para lutar contra estes desmandos.
BJssss,Leninha

Hugo de Oliveira disse...

Aqui em minha cidade acontece isso sempre. E o pior é que quando tem menores envolvidos, os mesmos são encaminhados para casas de apoio, mas retornam aprontando mais e mais.
Ótima postagem.

abraços

Rô... disse...

oi Cacá,


vir aqui nesses quatro meses,
é ser mais feliz,
mais humana,
e mais Rô,
é me deliciar com suas palavras,
e ter vontade de voltar rapidinho,

obrigada pelos
quatro meses
do Somente amor...

beijinhos

Helena Chiarello disse...

Pois é, Cacá...
A modernidade oferece essas coisas também... As facilidades e permissividades evoluem de forma assustadora, passando a fazer com que muitas coisas sejam aceitas quase como "normais"... É esse mesmo excesso de liberdade que acaba gerando situações como a gente tá careca de ver por aí...
Não dá mesmo pra generalizar a verdade nem desconsiderar a fraude, mas que tem muita gente usando desculpas esfarrapadas pra livrar a pele, tem mesmo.
Difícil é reverter esse quadro, principalmente numa sociedade que se propõe a aceitar e conviver com valores distorcidos e onde a violência já faz parte da paisagem...
Ainda acho que algumas coisas podem ser um pouquinho melhores se a educação de nossas crianças e jovens conseguir retomar alguns princípios considerados "ultrapassados". Limites, obrigações e respeito nunca fizeram mal a ninguém!
Sempre excelentes as tuas postagens!
Grande abraço!

C. disse...

Dá nojo de ler os noticiários, essa é a verdade.E falando em nojo, tô curiosa pra saber o destino, afinal, do deputado em Curitiba que dirigia bêbado e matou dois......

Bom domingo, Cacá!

** Saí do blogger, please, troque meu endereço:

http://sou-da-cris.nets.at/

Cantinho She disse...

Acho uma vergonha! Menores criminosos matam, sem dó e nem piedade... Isso é fato!
Bjbj
She

Denise disse...

A banalização da vida não respeita leis - em nenhuma idade. A perversão tb não obedece critérios, cada vez mais assistimos a atos criminosos sem precedentes.

Será que as brechas nas leis aparecem pq são feitas pelos homens? Assusta, né Cacá?
Beijo e uma ótima semana pra vc.

Toninhobira disse...

Mais um caso comum de transito amigo. Nosso codigo penal que dá a brecha ideal para cada caso e os advogados com suas habilidades fazem inocentes aqueles com os piores crimes.Lembro de algo que escrevi,o de o dito advogado alegava que seu cliente(leia-se bandido) era doente.E por aí vai.E o que mais dói são os casos onde o dinheiro chega na frente,como o caso do deputado questionado em comentario.Então, que Deus nos proteja sempre.
Abraço e boa semana na paz.

Maria disse...

Amigo aqui em Portugal também começam a aparecer imensos casos de criminalidade envolvendo menores. Os valores humanos vão-se perdendo cada vez mais.
Tenha uma semana maravilhosa.
Beijinhos
Maria

Maria disse...

Amigo aqui em Portugal também começam a aparecer imensos casos de criminalidade envolvendo menores. Os valores humanos vão-se perdendo cada vez mais.
Tenha uma semana maravilhosa.
Beijinhos
Maria

Celina disse...

Cacá boa noite, tudo de bom para vc. Vim agradecer a tua visita e te visitar também.
Esta semana teve um crime , que mexeu com a opinião pública, um rapaz e dois meninos um de treze e outro de quinze anos, mataram um sr, gerente de um supermercado, a mãe dos garotos os entregaram a policia , alegando que não estavam criando-os para isso, nós ficamos tristes com esses acontecimentos, mais compreendemos que é uma fase ruim que o planeta está passando.
Desejo um bom inicio de semana
Paz Celina

pensandoemfamilia disse...

São tantas as impunidades que vamos apenas somando casos e apelações.
Abraços

Nice Bacchini disse...

Cacá, será que uma pessoa normal faria o que essas pessoas fizeram? Para mim são todos desiquilibrados porém aqueles que são grandes atores e tem um grande advogado por trás deles escapam de sua punição rapidinho. Fazer o quê? É a nossa justisça.. obrigada pelas dicas no texto "Adoramos Sapatos", vou dá uma passadinha por lá. A propósito vc é historiador, formado em historia? Abraços

Aleatoriamente disse...

Boa tarde, Cacá.
Vim logo cedo, mas não consegui comentar.
Sou persistente rsrsrs.

Drástica esse fato infelizmente.
A violência ganha rumos e não escolhe idades e se alastra de maneira como se fosse um vírus que não se acha o antídoto.

E a inocência vai perdendo seu valor e no lugar armas, drogas, guerras entre si é muito triste.

Não me sinto aqui julgando, mas tem de haver algo a se fazer, para que essa “brecha “ Não se torne um buraco negro.

Nossa lei é imprevisível também infelizmente.
E na conduta social parece adquirir padrões perigosos aff!
Enfim, fica um desabafo de uma garota que acredita na mudança para melhor sempre.

PS:Meu amigo,obrigada por tuas palavras tão lindas no meu cantinho sempre.
Adoro você Cacá.
Beijo.
Fernanda

Beth/Lilás disse...

É isso mesmo Cacá, estão usando deste artifício agora e o pior é que conseguem se safar, tem sempre um juiz que aprova e que dá ganho de causa a um pilantra desses.
E as pessoas não vão para as ruas gritar e dizer-se contra absurdos como este, no entanto a tal passeata em prol dos bombeiros no Rio você viu, né ... tsc tsc
abs carioca

Web Statistics