sábado, 4 de junho de 2011

TRAGÉDIA HUMANA DIÁRIA

SAÚDE


Um senhor reclamava na rádio que possui o vírus do HIV e esquizofrenia. Acionando os postos de saúde não consegue os remédios. Escreveu para o ministério e recebeu um educado não, por alegação de altos custos dos medicamentos. Em entrevista ao repórter a secretária de saúde municipal explicou que há atribuições de cada um na distribuição de remédios: tal doença é com a secretaria municipal, doença tal é com a secretaria estadual, demais casos com o ministério. Então, médicos da saúde pública, favor colocar no receituário o âmbito das doenças: doença tal é municipal, doença tal é estadual e as demais são federais.


Fonte: rádio Itatiaia, BH, 22/05/11

7 comentários:

LILIANE disse...

Cacá que situação mais triste, a vida parece que vai perdendo o sentido, não é.
Uma desvalorização total.
Lamentável....
É um jogo de empurra empurra e os mais carentes sofrem sempre mais.
um abraço Cacá.

Lis disse...

É lamentável a capacidade dos governantes seja em que esfera for.
Perdem meses e meses programando , discutindo, em reunioes de diretoria ,todos engravatados , tomando cafezinhos e criando leis orçamentárias e depois justificam que não podem isso e aquilo,precisam seguir o orçamento de cada pasta etc etc . Só que foram os próprios que elaboraram de forma mais exdrúxula possível.
Trabalhei em Prefeitura, na Tesouraria e via a loucura que era sobrar dinheiro numa pasta e faltar na outra.
Ah Cacá vai entender!
E quem precisa deles é que sofre.
Todos analfabetos kkkk uma tragédia mesmo!
abraços Cacá bom sábado

Marli Borges disse...

Quando eu era menina, meu avô costumava dizer que "a corda sempre rebenta na parte mais fraca". É, Cacá, não tem jeito mesmo. E depois vem os abobados dizendo: fiscalizem, reclamem, cobrem dos candidatos que vc elegeu. Mas, como? Com que força? Cadê o poder de barganha? A gente só pode mesmo é choramingar. Aff.
E blogar! Rsrsrs!
Bjssssss

Helena Frenzel disse...

Cacá, quando puder, dê uma olhadinha no meu post Saúde & Cia, no Recanto das Letras. Esse seu post me inspirou a escrevê-lo. Amanhã publicarei também no Bluemaedel. Enquanto Seu Lobo não vem, vamos navegando! Um abraço fraterno :-)

✿ chica disse...

Que barbaridade isso,não é???

E depois não temos que ficar ranzinzas.rsrrs

abração,chica

Toninhobira disse...

Tem coisas que a gente nãos sabe se rir ou chora amigo,este é mais um destes.Onde foi que erramos?
Um abração.

CESAR CRUZ disse...

Boa, Cacá! Exato, lacônico e inusitado. Pena o assunto ser tão triste.

abço
Cesar

Web Statistics