quarta-feira, 1 de junho de 2011

TRAGÉDIA HUMANA DIÁRIA

ESTAMOS COMENDO MERDA

Testes do laboratório GMO, de controle de qualidade em restaurantes dos quatro pontos cardeais de BH revelam que a comida dos self service tem coliformes fecais em quantidades equivalentes a um vaso sanitário.

Teste do GMO, leia aqui
 
O Proteste avaliou 30 restaurantes de shoppings de São Paulo e destes, 28 foram reprovados.

Proteste, leia aqui

17 comentários:

Tatiana disse...

E por incrivel que pareça, Cacá, nao fico admirada.
Marido aqui trabalha com comida ha 20 anos, no Brasil, no México e nos EUA e Ja escutei cada historia.
As inspeçoes aqui nos EUA sao bem constantes e aparecem sem avisar, dependendo do que encontrem a consequencia é pesada, fazendo a galera ter mais cuidados com a higiene.
Mesmo assim, marido ainda tem o seu receio na hora de comer fora.
Sao pequenos detalhes que fazem toda a diferença.
Bjs.

Geyme Lechner disse...

Nossa, que horror, achei que a vigilancia sanitária cuidasse melhor dos estabelecimentos com comida...
Bem, eu sempre me gabo disso aos porcoes aqui da Alemanha quando os vejo entregar o pao com a mesma mao que cobram o dinheiro, hahaha (To careca de falar isso pq acho um escandalo!!!)
mas acredito que me equivoquei com a higienene nos restaurantes brasileiros... por via das dúvidas, nao vou contar isso a ninguém!
Beijao, amigo!!!

Celêdian Assis disse...

Bom dia, Zé!
Você garimpou uma notícia muito importante e divulgá-la como você está fazendo, é ainda mais. As pessoas em geral e na correria do dia a dia, nem sempre tem outra opção de frequentar ou escolher restaurantes que não sejam aqueles mais próximos do trabalho, ou de casa e dependem de comer neles. Exceto quando se procura um restaurante por simples vontade de comer fora, ou de uma preparação diferente, fica difícil escolher aqueles que primam pela qualidade de seus alimentos. Então, para quem utiliza diariamente estes serviços do tipo "self service" a probabilidade de contarminar-se por c.fecais é altíssima. Mas não se iluda que isto só acontece com as comidas dos balcões, nos serviços a "la carte" acontece o mesmo, pois a contaminação do alimento é a mesma e se não for preparado ou higienizado ou sanitizado, armazenado ou conservado adequamente. Cuidado especialmente com os tais "comida caseira" de fundo de quintal. Claro que nos balcões aumenta ainda mais a chance de contaminação, aquela que vem do consumidor, mas é preciso ficar de olho em todos.

Infelizmente ainda há poucos estabelecimentos de médio e pequeno porte que nos contratam para dar treinamentos, ou para supervisionar suas cozinhas. Em minha experiência profissional como nutricionista e quando atuo na área de consultoria de serviços de alimentação, encontro horrores de falta de higiene, de condições precárias de conservação, de armazenamento, de áreas próprias para o preparo, vazilhames inadequados e principalmente o despreparo e a resistência dos manipuladores de alimentos. Em geral eles desprezam todo o treinamento e todas as normas de boas práticas regulamentadas, assim que viramos as costas, se não há uma supervisão diária. Parece que não acreditam que certas contaminações podem até matar uma pessoa. Enfim, há também a questão do proprietário que não investe na qualidade do seu produto e que acha o nosso trabalho supérfluo.
Já falei demais e desculpa, seu texto cutucou onça com vara curta...rsrs. Aqui fica uma dica para quem come em restaurantes com frequência: se você puder optar por um que seja supervisionado por nutricionista, ou na pior das hipóteses até por um técnico de nutrição, são com certeza menores as chances do alimento estar mal preparado.
Um grande abraço, meu querido amigo.
Celêdian

Rô... disse...

oi Cacá,

que coisa medonha,
a falta de higiene chega a ser assustadora,
o chão das cozinhas,
mesmo que seja de grandes e renomados restaurantes é nojenta,
escorre uma água escura e com um cheiro horrível,

por onde anda a vigilância sanitária?
melhor mesmo é uma comidinha caseira,
que sabemos como é feita...

muito bom o alerta!
beijinhos

✿ chica disse...

Putz...Que barbaridade,heim??? O que será dentro de alguns anos???

abraços, lindo alerta!chica

pensandoemfamilia disse...

Que horror."Estamos à pé e devendo".Estamos vivos só Deus sabe o porque.
Abraços

Jaime Guimarães disse...

Sabe de uma coisa, Cacá? Isso não me surpreende. Eu evito ao máximo comer fora por conta disso. Como agora eu consigo trabalhar mais próximo de casa é possível deixar de lado esses restaurantes ao estilo self-service. Mas teve um tempo que não tinha jeito, era comida fora...

Houve uma vez que eu visitei a cozinha de um restaurante onde almoçava quase todos os dias. Depois do que eu vi naquele espaço passei a levar marmita pro trampo e aquecê-la no microondas. ( sério!)

Vez em quando vemos as incursões da vigilância sanitária em verdadeiras blitzes que me parecem mais "midiáticas" do que realmente preocupadas em manter uma fiscalização constante e eficaz.

Abs Cacá!

Aleatoriamente disse...

Olá Cacá!
Chamada boa essa viu?
Hoje mesmo estávamos conversando sobre esse assunto com minhas amigas da facul.
É bom ficar alerta para isso.
Muitas vezes se deixa de fazer as refeições nos finais de semana e resolve-se comer fora, para um alivio de quem passa a semana cuidando dessa parte no lar.
Mas será que compensa?
Não sabemos o que levamos para a boca ali.
E olha tudo tão colorido e cheiroso né?”Inescapável” eu diria.
E estes senhores donos desses estabelecimentos, não generalizando é claro, não estão preocupados se aquilo ali pode matar uma pessoa, querem apenas o rentável l disso.
Preparar o organismo para essa imundície toda ou desistir desse luxo? Depende de cada um.
Difícil me alimentar na rua, ás vezes paro para um café, meu vicio aff!
Levo frutas para o dia inteiro fora e a noite faço a refeição certa e segura.
Realmente é uma ameaça a cada dia.
Muitos restaurantes, tem a fachada bonita, a área que nos alimentamos parece impecável, mas pede para ir a cozinha de um.
Eles são muito espertos.
Até a vigilância sanitária é escassa nessa hora.
Deveria haver muitos, muitos e muitos fiscais tomando de conta.
Porque quase todos que trabalham e estudam, que precisam ficar o dia fora de casa, estão em perigo.
A possibilidade de cada um estar em perigo é de 99% , para mim.

Beijo querido.
Fernanda

Leninha disse...

Oi Cacá,minha irmã é obrigada a comer na rua,mas fica sempre com o estômago"embrulhando",segundo ela,"sabe que está comendo porcaria,porque não conhece a origem dos alimentos nem as condições de higiene no preparo dos mesmos".Diz ainda "por fora bela viola, por dentro pão bolorento"Somos mineiras também,uai e nada como aquela comidinha simples,fresquinha e quentinha na beira do fogão.Bjssss,Leninha.

Toninhobira disse...

Por isso ainda fico naquela de minha comidinha caseira no estilo mineiro de ser.Cada dia mais estes restaurantes se parecem com lixeiras no quesito higiene.Esperar pelas fiscalizações é como esperar por mula sem cabeça numa esquina do cemiterio do Bom Fim,talvez até seja possivel mesmo encontra-la,uma vez que tem gente matando animal para churrasquinho,rsrs.Oxalá que muitas pessoas possam ler este tipo de informação.Sou assinante da Proteste e fico horrorizado com suas pesquisas e a cara de pau dos envolvidos nas resposta e promessas de melhorias.
Mas é horripilante amigo.
Um abração e toda paz e luz.

Lis disse...

Ih Cacá enquanto lembrar dessa aumento meu regime hehehe
Acredito na pesquisa porque também já ouvi comentários incríveis sobre cozinhas de restaurantes chics que são
uma porcaria só!
melhor aumentar fora ... na nossa varanda rsrs
abraços

Sabor de Pitanga disse...

Cacá, infelizmente, isso está acontecendo nos "quatro cantos do mundo"... Hoje mesmo, despejei na pia um monte e Actimel que havia comprado e, gostava muito de tomar... pois, ontem recebi um email dizendo que é também feito com "merda de animais"... gente, nao sei o que deu no ser humano!!! Nao sei...(Depois postarei o email no Sabor de Pitanga).

Aqui na Alemanha está uma onda de E. coli o que nao me admira de forma alguma... encontra-se coli bactéria até mesmo no pao. Vigilancia Sanitária! O que é isso, morde? Acho que sim... Nem sei onde encontrar esse orgao aqui na Alemanha!Mesmo que soubesse, nao adiantaria reclamar...
Fico me perguntando: o que custa lavar as maos? Ter higiene consigo e com o próximo? Estou passando por um problema, exatamente, por falta de higiene da minha dentista que NAO LAVA AS MAOS ANTES DE TRATAR DO CLIENTE!!!
Chego a conclusao que retornamos para bem antes da Idade Média.
A moda aqui, é comer aqueles bichinhos que nao sei o nome (uma lagartinha que dá em coisas podres); é o "prato fino" de um restaurante nao longe daqui de casa.

Tenha um bom dia, Cacá!

(Ah, vou apresentar seu blog hoje, ao Bruno. Um rapaz de Itabira e que vive com a Elza Soares... ontem eu falei sobre voce com ele).

Tais Luso disse...

Que loucuuuura!! Putz, Cacá, você estragou minha noite... Aqui, almoçamos muito fora. Que irresponsabilidade desta gente. Ontem, um cretino estava servindo seu prato no bufe e falando ao celular, cuspindo na comida... Vou pensar em fazer algo em casa, dar uma diminuída nesses almoços. É, que você prestou um grande serviço, não tenho dúvidas!

Um beijo.
Tais Luso

Web Statistics