domingo, 12 de junho de 2011

PARA SER FELIZ

A POESIA DE PAULO ADÃO

PARA SER FELIZ

Se não tens medo
de quem ama o absurdo
e desafia o impossível
então serás mais feliz que os outros

Se tua arma
é só o teu coração, prepara-te!
O amor dissolve no rio das verdades
e escorre pelas corredeiras. Protege-o!

Existe um perigo ainda:
as trevas da incompreensão
uma mata densa
para atravessar às escuras

Nos caminhos te enganarão
dirão que é insensatez ir
Confia em teu instinto
na hora das pistas falsas

Atravessas para o outro lado
mas há um último cuidado:
deves preservar quase tudo de ti
para o amor não se ressentir.
______________________________
AGRADEÇO A TERNURA E O CARINHO DE TODOS QUE SE SOLIDARIZARAM COM ESSE MOMENTO TÃO DOÍDO.   MUITO OBRIGADO A TODOS , AS PALAVRAS DEIXADAS NOS COMENTÁRIOS FORAM UM BÁLSAMO PARA MIM E PARA TODA A MINHA FAMÍLIA.
+ 24/02/1959  /  06/06/2011

12 comentários:

✿ chica disse...

Ele tem razão:o amor não deve se ressentir nunca...Lindo e linda homenagem e saudade! abração,chica

Sônia Cristina disse...

Bom dia Cacá.

A poesia de Paulo é forte.
Ele bota a alma em tudo que escreve né?

Parabéns!

Trocendo para que faça um lindo dia de sol aí na terra dos grandes poetas.

Paz e Luz!

Camila Lima disse...

Olá, querido poeta! Estive ausente e agora que visitei seu blog senti sua tristeza! Que Deus console vossos corações, com certeza seu irmão é uma estrela brilhante no céu agora... E os versos dele são lindos! Abraço e bom domingo!

Renata Diniz disse...

Os privilegiados assim nos fazem sentir. Um modo de viver, olhar afiado, aguçado sobre a descoberta de uma poética do mundo. Muito, mas muito bom. Abraços!

Sheilla Liz disse...

Olá Cacá.

Sinto muito por sua perda. As palavras de são irmão são belíssimas. Com certeza ao partir uma estrela nasceu no céu.
Força e fé amigo. Sempre.
Beijos

Cronicando disse...

Cacá, meus sinceros sentimentos.
Que Deus abençoe sempre você, sua família e seu irmão. Se precisar de alguém saiba que estou por perto e a sua disposição.
Abraços!
Kenny Rosa

Denise disse...

O Paulo unia os sentimentos em poesia, falando do que sabia - a força de suas palavras mostra que elas não eram buscadas para rima ou enfeite.

Sua sugestão tocante, "Confia em teu instinto na hora das pistas falsas", é minha bandeira de evolução, tarefa de difícil aprendizado e assimilação.
Teu irmão era um homem admirável além das letras, não é Cacá?
Preserva tua memória afetiva, ilustrada aqui com tanta beleza...tens um tesouro para guardar, e_terna_mente.

Um carinhoso e terno abraço.
Boa semana, meu querido.

Suzana disse...

Cacá,
Fiquei sabendo este fim de semana. Sinto muito. E quero externar minha solidariedade a você e familiares, neste momento tão difícil.
Beijo

Flor da Vida disse...

Amigo,
que lindo esse poema!
E ele nos traz uma mensagem muito rica e reflexiva!

Paz seja contigo meu amigo!

Carinhos mil pra ti...
Beijos

DEVA disse...

Lindas poesias. Quem escreve assim só poderia ser boa pessoa.
Linda homenagem.
Sinto muito pela perda,
Desejo muita força e que as saudades que ficarem te façam lembrar dos momentos bons que vocês viveram.

Abraços

Sabor de Pitanga disse...

Muito lindo este poema!
Às vezes penso que: quem tao bonito escreve, nao deveria partir desta vida! Mas, quem sabe as maos que cá na terra escrevem tao bonito, estejam no céu, "versejando" para Deus!?!

Abracao Cacá.

Web Statistics