terça-feira, 30 de novembro de 2010

ENGORDAR É FÁCIL

Dizem as mais rechonchudas estatísticas que quase a metade da população brasileira está obesa ou acima do chamado peso ideal. Diga-se de passagem, essa vida de perde-ganha que levamos quase sempre sem troco de valor, não acontece na lógica desejada com o peso. É muito fácil ganhar (se o que você está ganhando é tecido adiposo, dobra na cintura...,  já dinheiro... prepare-se, malhação pura...) Pode não ser sinônimo de saúde boa, mas é muito mais fácil ganhar do que perder peso. Começa no biotipo. Olhemos bem para nossos antepassados e, com uma variação pequenininha, puxando pela família do pai ou da mãe, notaremos (talvez tarde demais) que não seremos muito diferentes de seus tipos físicos. Acho que o problema está em observar tarde demais. Quando crianças é uma alegria ouvirmos dizer que somos a cara do pai ou da mãe. Quando adultos, já não dizem cara e sim “corpo”. Então, melhor tomar cuidado desde cedo se a gente provém de uma família de gente que tem um tipo físico que não queremos copiar.

Nem vou falar na comilança por ansiedade ou mesmo por gula. Isso é coisa para especialistas. Veja bem um exemplo fresquinho: hoje mesmo eu estava na fila do açougue num supermercado, quando o senhor da minha frente gastou exatos 23 reais e uns centavos para levar para casa cerca de 12 quilos de matéria prima para torresmo. E ele insistia com o atendente que o toucinho estava gordo demais. O funcionário fez malabarismos de emagrecer para conseguir umas tantas mantas finas a fim de satisfazer o cliente, parecendo aquelas mantas de cobrir bebês, de tão grandes. A mulher que estava ao seu lado ficou com os olhos brilhando. Não vou dizer aqui que estava literalmente com água na boca senão vou passar por mentiroso. Mas que eu vi um fiozinho lhe escorrendo nos lábios, isso eu vi!  Resolvi investigar mais aquele casal. Não com intuito de bisbilhotar a vida alheia, apenas para ver como ia terminar essa crônica que começou a ser escrita lá mesmo.

Passando pelo setor dietético a caminho do caixa pararam para olhar os preços dos produtos de emagrecimento. Dez, vinte vezes mais caros, proporcionalmente ao toucinho que compraram, e ela disse:

 - Não, amor, isso é caríssimo e a gente nem gosta, vamos levar apenas refrigerantes diet que já dá para equilibrar.

Saí dali me lembrando de uma coisa. Há pouco tempo estive em São Paulo na Bienal do Livro e lá me encontrei com uma prima que não via há mais de vinte anos, talvez trinta. Foi uma alegria imensurável. Inclusive porque ela estava exatamente como era a minha mãe. Rosto e corpo incrivelmente semelhantes. Na hora que a vi, num primeiro momento tive a sensação de que era a minha mãe que estava lá me dando uma forcinha do além, no nervoso lançamento de meu livro. Contei isso à minha prima. Passados uns dias ela me enviou um e-mail mandando dizer para todos os demais parentes daqui de Minas que quem não a viu gordinha nunca mais teria esta chance, pois acabara de fazer uma cirurgia de redução de estômago. Não sei se foi uma coincidência, se já estava programada a sua cirurgia. Ou será que ela ficou satisfeita com a semelhança apenas de rosto?

22 comentários:

Marcio JR disse...

Ao que parece, não sou o único madrugueiro... rsrs

Mas olha, sempre tem alguém com essa história de "equilibrar" o que come. Honestamente, 12 kg de torresmo não serão equilibrados com refrigerante diet. Dará, no máximo, um pirí-pirí daqueles. kkk.

Mas, sem problemas, porque não foi apenas aquela senhora que, literalmente, babou. Eu, daqui do meu Notebook, também esfreguei as mãos.

Excelente, Cacá. Abraços.

Geyme disse...

Oi Cacá, meu querido!!!!!! Estou "de vorta"!! Como gostaria mesmo de ter passado por aí pra te dar aquele abraco!!!! Mas estava lá nos cafundós... Quem sabe quando volte a morar por aí, tenhamos uma oportunidade, ou claro, se antes disso, vc aparecer pelas bandas de cá!!!!!

Poxa, está anotadinho na minha agenda pra escrever algo sobre o tema que li aqui, achei incrível a transformacao nos corpos dos brasileiros que encontrei em "roupas menores" desfilando pela praia, o que aconteceu??? Sei... a gente já estava mesmo nesse caminho, mas nao achei que chegaríamos na porta da obesidade tao cedo!! Ademais do torresmo (rsrsr) vc já foi nesses fast foods da vida?? Eles dizem que por apenas 0,70 centavos a mais vc pode levar uma coca de 1 litro, o dobro de fritas ou um jato extra de chocolate no milk shake (e a gente vai, e claro, aproveita a super promocao achando que está fazendo um negócio da China!!!)

Incrível constar, que de fato, os diets sao mais caros que os "normais" e nao entendo pq, já que eles tem menos acucar, menos gordura, menos ovos, menos colesterol.... deveriam ser mais baratos entao, nao é? Eles tem menos de tudo (inclusive de sabor!) ...Mas é quem nem velório e casamento, a funerária e a floricultura sempre se aproveitam dos desesperados....

Bom estar de volta!!!!
Beijo enorme, amigo!!!!!!

Geyme disse...

Oh Cacá... tem lancamento do livro dia 03 de dezembro agora?? Tentei ver a data, nao estou certa se foi de 2009 e já passou, ou se será agora em alguns dias, em 2010 (to precisando de óculos faz tempo!!!) Por via das duvidas, coloquei o banner no meu blog pra divulgar, depois vc confirma pra mim???? (E se já é agora, vc sabe que desde aqui, envio aquela energia mega positiva e espero que seja mais um grande sucesso!!!)

Chica disse...

Que verdades por aqui...É fácil mesmo engordar, ainda mais com o bundão sentado no computador, como "ceeeeeeeeeeertas" pessoas que conheço,rssssss... Linda crônica! abração,chica

Neca disse...

Vixi, Cacá..., como mulher posso te dizer que tenho doutorado no assunto. Vivo de dieta, malhando, correndo, me privando de um montão de coisa; só para no final das contas me sentir bem numa calça jeans onde não caberia mais um átomo ensaboado dentro. É a ditadura estética, infelizmente. Parece que o equilíbrio anda complicado...
Beijocas!

Lis disse...

Oi Cacá
Difícil conciliar emagrecimento com essas coisinhas gostosas.
Felismente nao aprecio nada referente a toucinhos ,torresmos ,etc ,mas doces é comigo mesmo!
Bom texto Cacá , porém chato rsrs
dá raiva pensar que precisamos policiar policiar em termos de alimentação, dieta pra sempre!

abraços amigo

Miriam de Sales Oliveira disse...

VigeCacá,estou fazendo força p/ perder 2 quilinhos...Dois quilinhos aqui na Bahia não é o mesmo q/ em outro lugar.Pense no acarajé do fim de tarde devidamente acompanhado da coca-cola,dos churrascos q/ sou convidada,do meu aniversário no início do mês -quatro festas!-uma em casa,outra na casa da minha filha,outra na Academia de Cultura,outra na confraternização dos projetos....Vc n/tá c/ peninha dessa sua amiga? E,nem falei nas feijoadas dos sábados!

pensandoemfamilia disse...

Oi Caca.
Eu fui criada a banha de porco e torresmo. Em criança fui magérrima, hoje sinto-me satisfeita com o meu peso, mas acho que algo restou de malefícios, pois apesar de magra e ter feito dieta, o colesterol só abaixa com remédio. Faz o que ???
Penso que estes diets e ligths são para engabelar o povo. Emagreçer, só com reeducação alimentar e "pensamento de magro",rsrs,
bjs

Felipe Faverani disse...

Oi, Cacá, tudo bem?
Engordar é muito difícil pra mim, já até desisti. haha
Meus pais foram muito magros na adolescência, hoje estão com sobrepeso e boa parte da minha família é composta por pessoas acima do peso. Passei por várias dietas de engorda, fiz exames pra ver se tinha problemas hormonais que não mostraram absolutamente nada. Todas as dietas também falharam. Acredite: é chato ser magro também, passar Natal e Ano Novo tendo comido demais e não ter engordado sequer um quilo inteiro quando as festas acabam. haha
Adorei o texto, teria ficado embasbacado se visse o casal eu acho. rs
Grande abraço pra você!

Beth/Lilás disse...

Ai, Cacá, nem me fale neste assunto de diets e engordiets!
Eu não como torresmos na vida, aqui no sudeste não é muito difundida esta prática quanto aí nas Minas Gerais, mas o que vejo é que quanto mais o povo compra e consome diets (como eu) está sempre acima do peso.
Mas, a gente vicia, se acostuma de um tal jeito que mesmo comendo um super mega pedaço de torta cheia de açúcar, tenho a cara de pau de pedir um cafezinho com adoçante.
Fala sério! Assim não tem como emagrecer, né mesmo?
Muito boa sua crônica do dia.
bjs cariocas

José Sousa disse...

Olá meu amigo Cacá!
Estou sempre lhe seguindo, mas muita vez não há tempo para comentar. Hoje li este e não resisti a comentar. Como diz "Acho que o problema está em observar tarde demais. Quando crianças é uma alegria ouvirmos dizer que somos a cara do pai ou da mãe. Quando adultos, já não dizem cara e sim “corpo”. Então, melhor tomar cuidado desde cedo se a gente provém de uma família de gente que tem um tipo físico que não queremos copiar". Concordo plenamente.

Um grande abraço

Yasmine Lemos disse...

kkkkkkkkkkkk Cacá quero morrer sua amiga ;) você é de uma sinceridde...affff
abração

Adh2bs disse...

Prezado Cacá;
Primeiramente, estou prejudicando a estatística, isto é, sou um dos gordinhos safados... Confesso que me solidarizei com a Sra. a vista da atraente peça e, o equilíbrio que se estrepe... :-)
Abção,
Adh

Celina disse...

OI CACÁ BOA NOITE, LÍ A SUA CRÕNICA, GOSTEI DEMAIS. AQUI TEM UMA PORÇÃO DE GORDINHOS FÓRA DE FORMA VIVEM PROMETENDO IREM A ACADEMIA, TODOS TRABALHAM E ESTUDAM, ALEGAM CANSAÇO. E O TEMPO VAI PASSANDO, DOIS JA FIZERAM CIRURGIA BARIÁTRICA, O MEU FILHO E UM DOS FILHOS DELE, AMANHÃ SERÁ A NOIVA, NÃO DESEJA CASAR FÓRA DE FORMA. UM ABRAÇO CELINA

Jaime Guimarães disse...

Cacá, é tudo uma questão de educação, ou melhor, reeducação alimentar.

O casalzinho aí que consome 12 kg de torresmo e ainda diz que "equilibra" com refrigerante diet tá numa pior. Equilíbrio é outra coisa, bem diferente. O diabo é que os diabinhos aparecem ao lado da balança mais gorda e desequilibram tudo.

Pendem para o torresmo no lugar de carnes mais magras como peixe - e é caro, a depender do aquático. Sardinha é bom, mas frita não adianta nada. E é barato. Atum é ótimo, não é tão caro, mas o torresmo...ó lá o diabinho!

Negócio nem é tanto a estética, embora a sociedade e o Mercado...mas a saúde. Esse excesso de gordura abdominal é um perigo. Diabetes é uma doença terrível e que se esconde no mito do "ah, é só não comer açucar". Vai nessa não. E nem caia nessa de "redução de estômago": o que tem que reduzir mesmo é a comida! rs

Palavra de um ex-gordo que perdeu quilos e mais quilos porque encontrou o caminho do meio, pequeno gafanhoto. Hai!

Abs!

LILIANE disse...

Cacá
uns alegres com o corpo
outros nem tanto.
fico aborrecida porque quando ansiosa eu como muito carboidrato.
e se for puxar para a família, estarei perdida porque tão uns enormes
sedentarismo e mentalidade gorda.
beijo
amei o texto.
querido bom domingo

LILIANE disse...

Cacá
quero convidá-lo para participar da brincadeira de fim de ano no SONHARESER
o tema: O QUE VOCÊ FARIA SE SOUBESSE QUE TEM SÓ MAIS 30 DIAS DE VIDA?
Heim Cacá?
rsrs
tá tudo neste link explicadinho:http://www.sonhareser.com.br/2010/12/1-de-dezembro-que-dia-e-hoje.html
te espero viu?
beijinho

Tais Luso disse...

Oi, Cacá: esta tua crônica - ótima - me fez lembrar de umas primas que tenho que comem um 'bolão'! Mas o interessante é que depois de se empanturrarem, pedem um chazinho pra emagrecer... E eu ali, olhando, pensando e fofoqueando comigo mesma.
Mas o quadro que me chamou a atenção em tua crônica foi algo que também faço, certas observações não perco por nada: e presto a atenção o que mais de mal, de indigesto vão comprar... São interessantes estas coisas, uma vez que tiramos deste cotidiano, nossas crônicas. Eu saio de caderninho, amigo! Não perco uma.
beijos
tais luso

Celêdian Assis disse...

Oi Zé,
Comentários técnicos à parte sobre torresmos e similares, pois senão corro o risco de apanhar...rsrs...esta história de parecer com nossos parentes, costumo dizer para meus filhos: quando acharem alguém para casar, dá uma conferida no biotipo na sogra e no sogro antes, pois eis ai o futuro que os espera...rsrs... Beleza de crônica, meu amigo.
Um abração,

Celêdian

Anônimo disse...

[url=http://www.oudoudounemoncler.org/]doudoune moncler[/url] huxam [url=http://www.oudoudounemoncler.org/]doudoune moncler[/url] pbhiy [url=http://www.louboutintin.org/]chaussure louboutin[/url] hvsed [url=http://www.uggbotsfr.com/]ugg pas cher[/url] uuows

Web Statistics