quarta-feira, 6 de abril de 2011

AEDO CIBERNÉTICO * - SINAL DE AMOR E DE PERIGO

imagem: cantorasdobrasil.com.br


Nascida em Salvador, trabalhou com teatro e música no interior da Bahia, e radicou-se em São Paulo em 1978. Quando ainda era estudante de Engenharia Elétrica, começou a aparecer em shows universitários, passando a dedicar-se à música.

Entre outras composições, gravou a clássica balada "Blowin'in the wind", do cantor e compositor norte americano Bob Dylan, com versão de sua autoria e acompanhamento ao violão de Dercio Marques, e que tornou-se seu maior sucesso.

Em 1981 lançou o LP "Sinal de amor", interpretando entre outras, as composições "Sinal de amor e de perigo" (Patinhas – Kapenga)

FONTE: http://www.cantorasdobrasil.com.br/cantoras/diana_pequeno.htm

SINAL DE AMOR E DE PERIGO
Diana Pequeno
Composição: Patinhas / Capenga

À noite  a cidade parece que some
Perdida no sono dos sonhos dos homens
Que vão construindo com fibras de vidro
Com canções de infância, com tempo perdido
Um grande cartaz um painel de aviso
Um sinal de amor e de perigo
Um sinal de amor e de perigo
Há tempo em que a terra parece que some
Em meio a alegria e tristeza dos homens
Que olham pros campos pros mares, cidades
Pras noites vazias, pra felicidade
Com o mesmo olhar de quem grita no escuro
O melhor foi feito no futuro
O melhor foi feito no futuro
Enquanto o amor for pecado e o trabalho um fardo
Pesado passado presente mal dado
As flores feridas se curam no orvalho
Mas os homens sedentos não encontram regato
Que banhe seu corpo e lave sua alma
O desejo é forte mas não salva
O desejo é forte mas não salva
Enquanto a tristeza esmagar o peito da terra
E a saudade afastar as pessoas partindo pra guerra
Nós vamos perdendo um tempo profundo
A força da vida o destino do mundo
O segredo que o rio entrega pra serra
Haverá um homem no céu e deuses na terra
Haverá um homem no céu e deuses na terra
Haverá um homem no céu e deuses na terra

Dedico a Toninhobira (blog mineirinho), amigo, conterrâneo, essa grande alma sensível e coração pulsante de sangue bom e para quem amor e sociedade são grandezas unas, não deixando o indivíduo dissociado de seu eu enquanto ser coletivo que ama e busca transformar seu meio. Com carinho e apreço elevado.

20 comentários:

Marcio JR disse...

"O melhor foi feito no futuro".

É engraçado como sempre existe algo escrito que nos surpreenda, e essa frase me pegou "de calças curtas".

Diana Pequeno é daquelas cantoras que te cativam pela paz que vem de suas canções. Sempre que a ouço, lembro da saudosa Nara Leão, que mesmo em estilo diferente, também me dava essa sensação de tranquilidade quando cantava.

Ótima lembrança. Já fazia algum tempo que não parava para ouvir a Diana.

E belíssima homenagem ao Toninhobira, que ao primar por grandezas como o amor e a sociedade, como você citou, faz desse mundo, e da blogosfera também, um lugar muito melhor.

Meu abraço aos dois.

Marcio

Aleatoriamente disse...

Olá Cacá, ainda há muitas músicas lindas que passo a conhecer, através dos amigos. Essa desta cantora é uma delas.
Me chamou atenção esta frase “Haverá um homem no céu e deuses na terra”.
Infelizmente observo muito isso.

Beijo querido.
Fernanda

Toninhobira disse...

Que coisa mais linda e gratficante,logo pela manhã recordar uma belissima musica de uma mensagem profunda,e saber que é uma homenagem a minha pessoa.Coincidencias à parte, quando fui contratado para a empresa de eletricidade(COELBA) aqui em Salvador,conheci o Ivan Pequeno engenheiro irmão da Diana e o João Nunes irmão de Elba Ramalho,Rodrigo(que tem uma participação em Macunaima) irmão de Caetano Veloso.Eu brincava com eles se a empresa era anexo de uma gravadora,rsrs.
Mas meu amigo,irmão Zé,muito grato por esta bela homenagem,com estas palavras profundas de engajamento as coisas sociais e culturais,por um mundo que acreditamos que possa ser um pouco melhor para todos e que as pessoas possam amar e que este amor possa revolucionar a sociedade sim.
Eu creio.

Meu terno e grato abraço baianeiro de flor.
Paz e saude a voce.

C. disse...

O homenageado deve estar muito grato, porque é uma maravilhosa composição, música e voz!

#Beijinhos!

Yasmine Lemos disse...

Nossa! matando a saudade por aqui.Sempre gostei da voz de Diana. Onde será que ela anda? Os bons somem...abraços Cacà e um ótimo dia.adorei o post

Thatica. disse...

Que legal vc divulgar esse trabalho. Admiro pessoas que como ela, tem essa alma de artista.

Paz e bem, pra vc!

✿ chica disse...

Maravilha,Cacá e bela dedicatória ao nosso amigo Toninho! abração,chica

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Cacá,
Tinha meus 16 quando essa música estourou, na fantástica voz de Diana Pequeno...
Obrigado por essa gostosa volta no tempo, Cacá. Abraços.

Misturação - Ana Karla disse...

Uma voz macia, tranquila...
Essa música eu não conhecia! Pelo menos não lembro.
Xeros

Renata Diniz disse...

Belíssima canção. E pensar que hoje o sucesso é "Meteoro da paixão"! Abraços.

Celina disse...

OI CACÁ, PAZ PARA TODOS, A HOMENAGEM AO TONINHO, FOI MARAVILHOSA, PROVA ASSIM O AMIGO QUE TU ÉS, UM ABRAÇO CARINHOSO DA AMIGA CELINA.

Amapola disse...

Boa tarde, querido amigo Cacá.

Lembro-me do sucesso dela. Era lindo, vê-la cantando na TV.
Ela se apresentava de forma natural e singular.
Essa letra é linda.
Bela homenagem!!

Um grande abraço.
Muita paz e sucesso.

Helena disse...

Tem vezes que é preciso que alguém conte coisas tão boas assim pra colocar um sorriso na memória e um gosto bom de saudade na boca.

Diana Pequeno. Blowin' In The Wind. Menino, como eu cantei isso!

Maravilha de postagem, Cacá!

Abração procê!

Mariana disse...

Que emocionante.
Homenagem quem valorizamos é algo divino e emociona a todos.
PS:Estou sempre pensando e desejando que teu irmão fica cada vez mais forte.
Saúde á todos.

Fatima disse...

A música que mais gosto com a interpretação da cantora é Engenho de Flores do Josias Sobrinho.
Quanto ao seu Toninho:
Andomeiodemaldele!
Vc acredita que ele esteve aqui e nem um telefonema me deu?
Ele já explicou e eu estou acreditando aos poucos.
bjs.

JGCosta disse...

Muito bom gosto, meu amigo!

Canção fantástica, letra que diz muito!

Parabéns pela homenagem!

Abraços renovados!

Sabor de Pitanga disse...

Melodia super agradável! A voz gostosa de ser ouvida, a letra muito bonita; casamento perfeito!

Pena que "já não se faz musica como antigamente"!!!

Abração

Sônia Cristina disse...

Ô Cacá...

Diana Pequeno é minha musa,
quando eu era pequena que alguém perguntava o que eu queria ser (isso lá na Bahia) eu respondia: DIANA PEQUENO, e todos os dias eu ainda canto:

Enquanto esse velho trem, atravessa o pantanal, o povo lá em casa espera que eu mande um postal (vou escrevendo e me arrepiando)
Enquanto esse velho trem, atravessa o pantanal, só meu coração está batendo desigual...

Em 2003, quando meu filho nasceu na Bahia, eu por sorte, tive o prazer de mais uma vez assitir a um show de Diana Pequeno em São Gabriel, lá tem um evento anual lindo que se chama "Cantoria", e dentre todas as que ela cantou, teve uma homenagem que ela fez a Zé Geraldo (que também estava presente), e isso nunca mais vai sair de minha memória. Diana Pequeno cantando Galho Seco foi uma das coisas mais lindas que ja ouvi em minha vida....

beijo Cacá.

Web Statistics