terça-feira, 8 de março de 2011

AEDO CIBERNÉTICO* MARIA, MARIA

Maria, minha mãe, possuía todas essas marcas. Quando aprendi a arranhar uns acordes no violão, era a música que mais ela gostava de me ouvir tocando. E cantava com uma profundeza, que parecia engolir os suspiros que lhe provocavam a letra, a melodia enredada em sua sina de Maria forte. Maria filha, mãe, mulher com toda a graça, manha, gana, beleza, pureza, orgulho de Maria, orgulho de mulher. Tinha a sensação que Milton Nascimento havia conversado com muitas Marias como ela, antes de compor essa canção. Vai ver teve uma Maria assim em sua vida, como eu tive na minha.

AQUI DEIXO O MEU ABRAÇO CARINHOSO ÀS MULHERES PELO DIA ESPECIAL



Maria, Maria, é um dom, uma certa magia
Uma força que nos alerta
Uma mulher que merece viver e amar
Como outra qualquer do planeta
Maria, Maria, é o som, é a cor, é o suor
É a dose mais forte e lenta
De uma gente que ri quando deve chorar
E não vive, apenas aguenta

Mas é preciso ter força, é preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria, mistura a dor e a alegria
Mas é preciso ter manha, é preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania de ter fé na vida.
______________________________________________________________________

* Na antiguidade, como a escrita era pouco desenvolvida, o AEDO cantava as histórias que iam passando de geração para geração, através da música. Depois, veio o seu assemelhado na idade média que era o trovador. Hoje, juntado tudo isso com a tecnologia, criei o AEDO CIBERNÉTICO.

24 comentários:

Thatica. disse...

Obrigada pela homenagem ao dia das mulheres, sinto-me parabenizada.

Amo essa música da Maria.
Minhas avós (paterna e materna) chamavam-se Maria.

Ah, obrigada tbm pelo comentário. Também tive um caso de câncer na familia.. e agora, tenho outro caso. Temos que ser forte e enfrentar.

Quero saber. Como está seu irmão? Melhorou? Espero sinceramente que sim.

Deus abençoe a ti e sua familia!

Nilce disse...

Meu muito obrigada Cacá.
Deixo aqui um abraço especial a todas as mulheres que por aqui passarem.
Linda homenagem. Esta música é especial.

Bjs no coração!

Nilce

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Cacá,
Seu texto, curto e singelo, não deve nada à letra de Milton. Um grande abraço.

chica disse...

Obrigado,adorei e essa música é maravilhosa! Bela escolha pra nos homenagear.Um abração,tudo de bom,chica

Sabor de Pitanga disse...

Linda homenagem, Cacá. Agradeco-lhe pelo pouquinho que a mim cabe e por todas as mulheres do mundo!

Aproveito para mandar meu abraço a todas as mulheres e também, aquelas pessoas que foram marcadas pela natureza: as que nasceram em corpos estranhos. Aquelas que não tiveram o direito de nascer como realmente são... esses seres tão discriminados pelos chamados "normais". Essas almas aprisionadas em corpos que não lhes permite o direito de ser pai ou mãe. É preciso que o mundo reflita sobre isso e não os coloque à margem e, sim, aceite-os como são.
Enfim, meu abraço a todos: Homens, trans, e as mulheres pelo seu dia que, na verdade deveria ser todos os dias!

Toninhobira disse...

Sensacional esta criação do Aedo ciber,tinha que ser voce, que vem do seio de uma familia maravilhosa e esta lembrança saudosa linda desta brava senhora,faz engrandecer esta bela homenagem a todas as mulheres encantadas de nossas vidas e do mundo.O Milton teve esta felicidade iluminada ao criar esta musica,sim claro que sempre tem que haver uma mulher.Meu abraço amigo-irmão extensivo as mulheres de sua vida.

maria olimpia alves de melo disse...

Você revive esse costume antigo muito bem. É sempre uma alegria entrar em contato com esse Aedo Cibernético.

Adh2bs disse...

Mestre Cacá.
Muito oportuna a homenagem, primeiro lembrando as principais mulheres da nossa vida: a mãe do criador e a nossa própria, na figura da sua; segundo, homenageando esses seres que tem "uma estranha mania de ter fé na vida." Valeu, abç,
Adh

pensandoemfamilia disse...

Obrigadaaaaa
Agradeço a bela homenagem através desta letra e melodia que nos passa a garra de mulheres como a da sua querida mãe.

Dê notícias do mano.
bjs

Sam disse...

Meu querido
que bela homenagem
Meu obrigada e abraço mais apertado.

Beijoca: Muahh!

Elaine Barnes disse...

Bom, chorei. Essa é a única música que me faz chorar. No meu "Quem sou eu" Me refiro a letra dessa música, pois me identifico demais com ela. Gosto na Voz de Elis Regina.Seu texto ficou maravilhoso e me emocionei demais vindo aqui hoje. Obrigada, foi a maior homenagem que recebi. Não sou Maria no nome, mas, quem não é na alma?Montão de bjs e abraços imensamente agradecidos

Maria disse...

Querido amigo o meu sincero agradecimento pela sua encantadora homenagem ao dia das mulheres. Sempre maravilhoso.
beijinhos
Maria

Renata Diniz disse...

Bela homenagem. Minha mãe também é Maria. Obrigada, pela parte que me cabe. Abraços!

Celina disse...

Cacá linda homenagem a lembrança da querida mãe, a mulher maravilhosa que deve ter sido, casa bem com a canção do Milton Nascimento, obrigada pela homenagem a todas as mulheres na letra de Maria Maria. Um abraço carinhoso, Celina

Denise disse...

Que lindo, Cacá - singelo e forte. E não poderia escolher melhor música para acompanhar estes sentimentos.
Obrigada pela partezinha que me toca - tocou mesmo!
Um beijo e meu carinho pelas tuas palavras tão queridas lá no Tecendo.

M. Sueli Gallacci disse...

Cacá, grande amigo!

Obrigada, querido, pelas palavras lá no meu blog!

Recebo teu abraço e agradeço de coração pela força e energia positiva.

Ando com muita saudade de visitar os blogs dos amigos. Estou me organizando para voltar com força total assim que as coisas se acalmarem um pouco mais.

Linda escolha de homenagem a todas as mulheres.

Um bjo no seu coração!

Néia Lambert disse...

Olá Cacá, a letra dessa música é um primor e homenageia muitíssimo bem as mulheres de fibra.

Um abraço

Lis disse...

Obrigada Cacá pelo comentário bonito e a a homenagem pelo meu dia e de todas as Marias.
Nome lindo esse que representa tão bem o universo da mulher.
Linda lembrança da sua mãe nesse dia.
deixo um abraço carinhoso ao filho mais querido da D.Maria.
com carinho

Carla Piva disse...

Meu grande VIVA a todas as Marias, como eu e a todas as mulheres cuja data é apenas pró forma. Somos o que somos em todos os dias de nossa existência. Obrigada, amigo mineirim, pelo carinho e pela linda homenagem. Muita força e luz em teu caminhar. Beijos!

Aleatoriamente disse...

Ah Cacá que lindo!
Bom vir e ter o privilégio de saborear tuas lembranças e que linda é esta música.
Obrigada pela visita lá em casa (Aleatoriamente) amigo querido.
Amo sempre tua companhia.

Beijo.
Fernanda

Thatica. disse...

Muito obrigada mais uma vez por me dar feliz dia das mulheres..

Fico feliz por seu irmão estar bem. Deus abençoe sua familia sempre!!
São meus votos sinceros!

Beijos

Casal 20 disse...

Cacá, muito linda essa música. Ela é tão Maria, Mulher, Minas. Letra forte, mães fortes. A minha está aqui em casa, Cacá. Visitando a gente e ensinando para minha esposa mais alguns segredinhos da culinária. Xiii! Acho que vou dar uma engordadinha, mas mãe é mãe.

Abraços sempre afetuosos.

Diogo Didier disse...

Eu adooooooooooooooro essa música. Há alguns anos eu dancei no ballet um número com essa canção...Foi MARAVILHOSO!

bjoxxxxxxxxxxxxxxxxxx no coração!

Elayne C.A. disse...

Adoro essa música e mais uma vez obrigada! Vc é um amor! Mil bjos!

Web Statistics