quarta-feira, 30 de março de 2011

AEDO CIBERNÉTICO * - LA CARTA


imagem eulunaluz.blogspot.com

Violeta Parra pode ser considerada a mãe da canção comprometida com a luta dos oprimidos e explorados, tendo sido autora de páginas inapagáveis, como a canção "Volver a los 17", que mereceu uma antológica gravação de Milton Nascimento e Mercedes Sosa. Outra de suas canções, "La Carta", cantada em momentos de enorme comoção revolucionária, nas barricadas e nas ocupações, tem entre os seus versos o que diz "Os famintos pedem pão; chumbo lhes dá a polícia". Mas suas canções não apenas são marcadas por versos demolidores contra toda a injustiça social. O lirismo dos versos de canções como "Gracias a la vida" (gravada por Elis Regina) embalou o ânimo de gerações de revolucionários latino-americanos em momentos em que a vida era questionada nos seus limites mais básicos, assim como a letra comovedora de "Rin de Angelito", quando descreve a morte de um bebê pobre: "No seu bercinho de terra um sino vai te embalar, enquanto a chuva te limpará a carinha na manhã".
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Violeta_Parra

Violeta Parra (1917 - 1967) é considerada a maior folclorista do Chile, bem como fundadora da música popular chilena. Estudou música como autodidata logo aos nove anos, e posteriormente passou a compor canções que moveram as massas revolucionárias do país.

Violeta viajou muito quando tornou-se compositora e cantora reconhecida, mas foi sua viagem à Argentina que rendeu-lhe grande sucesso, não só por sua obra em si, mas por ter encantado a diva Mercedes Sosa, por quem tornou-se muito mais popular, já que esta emprestou às canções mais belas de Violeta sua voz quente e apaixonada.

Fonte : http://barcamor.blogspot.com/2008/03/3-violeta-parra-volver-los-17.html e wikipedia


* Na antiguidade, como a escrita era pouco desenvolvida, o AEDO cantava as histórias que iam passando de geração para geração, através da música. Depois, veio o seu assemelhado na idade média que era o trovador. Hoje, juntado tudo isso com a tecnologia, criei o AEDO CIBERNÉTICO.


PS: ESTA SEMANA VOU PUBLICAR TEXTOS E MÚSICAS DE MEMÓRIAS HISTÓRICAS.






14 comentários:

Arena das Crônicas disse...

Realmente, uma dupla de peso, caro Cacá. Juntar Violeta Parra e Mercedes Sosa, é contar parte da história política da América latina.

Gênios fortes, versos fortes.

Fantástico.

Marcio

Berzé disse...

Bom dia Cacá!
Bom lembrar esses seres especiais q nos deram a honra de passar por este planeta: caso da Violeta e Mercedes.
Seu livro,pode ser comprado em livrarias?
Abração!
Berzé

Sam disse...

É, eu tbm não conhecia. E agora, gostei.

Muito interessante Cacá.

Meu beijo e carinho, querido!

Celina disse...

OI CACÃ TUDO DE BOM PARA VC E FAMILIA. AINDA HOJE LEMBRO COM SAUDADE DAS LINDAS CANÇÕES DAS DUAS DIVAS,.ELAS CANTAVAAM COM A ALMA, E NOS ENCANTAVAM. QUE BOM AMIGO VC PRESTAR ESTA JUSTA HOMENAGEM A VOZES DE TANTO SENTIMENTO. UM ABRAÇO PARA VC CELINA.

Celina disse...

OI CACÃ TUDO DE BOM PARA VC E FAMILIA. AINDA HOJE LEMBRO COM SAUDADE DAS LINDAS CANÇÕES DAS DUAS DIVAS,.ELAS CANTAVAAM COM A ALMA, E NOS ENCANTAVAM. QUE BOM AMIGO VC PRESTAR ESTA JUSTA HOMENAGEM A VOZES DE TANTO SENTIMENTO. UM ABRAÇO PARA VC CELINA.

Kenny Rosa disse...

Cacá, esta sua página é um perfeito deleite sempre.
Obrigado!
Kenny Rosa
(http://cronicandocomvoce.blogspot.com)

Amapola disse...

Essas músicas são maravilhosas mesmo. Letra e melodia, derretendo corações.

Aquela que Milton Nascimento gravou com Mercedes Sosa, é linda...

Obrigada por compartilhar.

Um grande abraço.
Tenha um lindo dia de paz.

Yasmine Lemos disse...

BRAVO,BRAVO CACÁ!!! Violeta uma das vozes mais lindas chilenas
amei!
abração

Dama de Cinzas disse...

Obrigada pela sua visita e pelo seu depoimento que se confirma que existe possibilidade de sair do vício!

Beijocas

Renata Diniz disse...

Humanidade, conhecimento, história, lições de mestre, é o que sempre encontro aqui. Por falar em mestre, recebi hoje "Arcanjo Isabelito". Não resisti à curiosidade, já li metade da obra. Como eu também "não sou ansiosa, não sou ansiosa, não sou ansiosa"! vou comentar meu parecer da leitura, até aqui realizada: eu me considero privilegiada pela oportunidade de fazer parte dos seus leitores, assim como considero os seus leitores também privilegiados. Nos dias em que a grande maioria, perde horas na frente da TV, com a internet e jogando videogames, a boa leitura trás a oportunidade de realizar atividades diferentes, aprender progressivamente e de maneira atraente, divertida, e com isso aprender a exercer a cidadania. Bom, vou terminar de ler e volto para reforçar o meu pensamento em termos de sua espetacular escrita de valores humanos combinados com a sua maneira ("inata"!) de bom humor. Parabéns. Abraços!

Casal 20 disse...

Cacá, olá!

Recebeu meu e-mail com meu endereço? Aguardo. Tentei também entrar em seu outro livro (a vida do bebê), mas não consegui achá-lo lá naquelas listas apresentadas. É sobre o quê? Se você o tiver, pode enviá-lo também.

Abraços sempre afetuosos.

Sabor de Pitanga disse...

Conheco o trabalho das duas. Mas, só tive o prazer de conhecer a Mercedes ao vivo, num show em Frankfurt e, se já gostava, passei a amar mais o seu trabalho!

Excelentes!
Abracao Cacá.

Web Statistics