domingo, 13 de março de 2011

ABELHAS SEM TETO


Atenção apreciadores de todos os gêneros literários: a crônica está em alta. Ela, que por muito tempo foi considerada pela crítica como gênero de menor fôlego e importância tem crescido em quantidade e qualidade, e o que é melhor ainda, em adeptos. Nesses tempos de correria, é ela que vem ocupando mais espaço. A possibilidade de fazer um pequeno panorama de grandes coisas do cotidiano em uma síntese bem elaborada agrada a quem tem pouco tempo e pouca disposição de ler grandes volumes.  Agrada também a quem tem tempo e disposição para ler. Agrada ainda quem está começando a se familiarizar com o mundo da leitura. Só não agrada mesmo aos analfabetos, aqueles definidos assim pelo Mário Quintana: “os que sabem ler e não lêem.” A crônica não está disputando lugar de ponta na literatura, é bom que se diga. Afinal, literatura é literatura e tem lugar para todo mundo.

PARA GOSTAR DE LER é o nome de uma coleção antiga que reuniu muitos dos nossos grandes escritores com crônicas que tiravam do cotidiano mais comezinho, com seus talentos nada comezinhos, o despertar na gente do gosto pela leitura. São mais de 13 livros que eu acompanhei durante parte da minha vida e eles reforçaram muito em mim o prazer pela leitura. Eis que esse é o fino atrativo da crônica: falar das cidades, da roça e claro das gentes que transitam e habitam, amam, brigam, xingam, se emocionam, os marginalizados, os alegres, os doentes e os saudáveis, os metidos e os “gente boa” da forma mais normal do mundo, seja com humor ou crítica que nos leva à pensar, porém de um ângulo que ninguém teve a percepção de descrever. A própria sinopse do primeiro livro desta coleção dizia que crônica é um texto tão gostoso de ler que dá na gente vontade de escrever.

Eu acho que ela deveria retornar com novos autores. E o livro da Vany Grizante deveria constar desta coleção. O que está no livro ABELHAS SEM TETO sou eu, é você, somos nós todos os dias e em todos os lugares e situações. Com o detalhe da marca do talento da autora que possui uma capacidade de síntese imensurável que não deixa o texto ficar devendo a gente explicações e nem sobra enchimentos desnecessários. É uma porção de prazer parecida com uma descarga de adrenalina bem dosada na hora que a gente passa por um estímulo mental daqueles bem gostosos. A população não parou de crescer e carece muito de ler autores brasileiros, principalmente. Não é bairrismo nem nacionalismo. É identidade nossa com as nossas coisas. Duplo prazer e serventia.  A minha indicação do livro é exatamente por despertar em nós esses dois prazeres tão elevados.

ABELHAS SEM TETO E OUTRAS CRÔNICAS
VANY GRIZANTE
ED. ALL PRINT – 2010

15 comentários:

Lis disse...

Cacá anotado sua indicação e a resenha está convidativa.
Tenho sentido necessidade de encompridar( existe essa palavra?) rs o dia pra ler tudo que gostaria.
Obrigada pela lembrança preciosa em relaçao so prestígio devido aos escritores da terra.
Sao valorosos , vale a pena prestar atenção.
"Abelhas sem teto",Vany Grizante- registrado Cacá.
gosto de crônicas.
um grande abraço nessa madrugada e
bom domingo

Well Souza disse...

Realmente, os nosso crônistas estão mostrando a cara! E isso é ótimo, é um prazer ter um gênero a mais para ler coisas boas!

Grande abraço,
blog
Site Comunidade Literária Benfazeja

chica disse...

Tua resenha foi de dar água na boca e os textos da querida VanY são deliciosos sempre!abração,lindo domingo!chica

Sam disse...

Cacá,

gosto de abelhas!

Sua dica me deu água na boca, com sabor de mel!

Abraços, flores e estrelas...

Mariana disse...

Ótima dica, eu gosto mt qd recebo.
Tenhas um belo domingo.
Espero que a família esteja bem.

Amapola disse...

Bom dia, querido amigo Cacá.

Muito bom...
Adoro crônicas, e as leio muito, nas revistas. Jornal há tempos que não leio.

Penso que, tanto nos jornais, como nas revistas, seria bom que houvesse uma espécie de "rodízio" dos autores.

Um autor que tem a responsabilidade de escrever todos os dias, acho que não é bom nem para ele, nem para os leitores.

Em algum momento, ele vai estar menos inspirado.

Mas como tudo é uma questão de "sifrão", sigamos assim.

Um grande abraço.

Amapola disse...

Eu quis dizer, escrever sistematicamente. Hora marcada para entregar, etc.

Um grande abraço.

Jaime Guimarães disse...

Os cronistas são fundamentais para se compreender aqueles aspectos que a História oficial, muitas vezes, deixa de lado. Vejo que há muitos historiadores utilizado fontes de "cronistas de época" para confirmar ou desmentir algumas informações.

Veja as crônicas de um Lima Barreto, por exemplo, que fornecem elementos valiosos para a melhor compreensão da sociedade do RJ (DF) no ínicio do século XX.

E o brasileiro é craque na crônica e no conto.

Boa dica, Cacá! Valeu! abs

Maria disse...

Amigo deixei no meu cantinho “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS”, um miminho especial é o Selo “GOTA NO OCEANO” que recebi e que gostaria de partilhar consigo, pois quero deixar também o meu apreço pelo seu blog, um espaço sempre maravilhoso.
Beijinhos
Maria

Felipe Faverani disse...

Oi, Cacá, tudo bem?
Que ótima dica um livro de crônicas!
Adoro crônicas!
Obrigado.
Abraço.

Regina VR disse...

Concordo!!! Li, adorei e fiquei triste quando acabou!!!
É um prazer ler Vany, sempre!! Ótima dica!

Casal 20 disse...

Poxa, Cacá! Você leu para gostar de ler? Ali, eu me apaixonei por Rubem Braga e tantos outros que me fizeram rolar de rir na minha adolescência.

Lembra aquela dos ets que chegaram sobrevoando o Rio de Janeiro, acho que o título era Kini e Giv... A melhor seleção de crônicas para se gostar de ler. Tinha Fernando Sabino, Carlos Drummond e o maravilhoso Carlos Eduardo Novaes. Este foi sensacional. Dele, li, depois, o "Quiabo comunista" (HAHAHA).

E saber que tem gentinha que diz que crônica é um gênero de menor importância. Quanta ignorância dos críticos brasileiros!

Cacá, vou procurar esse livro da Vany.

Abraços sempre afetuosos.

Tatiana disse...

Que homenagem linda Caca...sou um horror pra poesia, queria ser mais ligada. Tenho certeza que deve ser pela minha falta de leitura...vergonha pura...assumo!!!!
Mas lerei essas que voce homenageou(pois e...ainda nao as li)!!!
Beijocas!!

Geyme Mannes disse...

Ai Cacazinho, super interessante sua dica, mas aqui do outro lado do mundo, estou tao limitada em relacao à compra de alguns livros que sinto vontade de arrancar os cabelos!!!!
Anotado na agendinha das buscas para a próxima estada no Brasil!!
Beijo enorme!!!!!

Web Statistics