sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

INOCENTES ÚTEIS

imagem google
Aqui na cidade dizem que há a proporção de um ônibus para cada 548 passageiros, de acordo com a demanda atual. Vem a prefeitura e diz que vai dar um jeito de remanejar os horários das linhas mais problemáticas. Mandar os donos comprarem mais ônibus, nem pensar! Afinal, isso oneraria os custos das empresas e aumento nas passagens. E quem pagaria a conta? Melhor continuarmos pagando com atrasos, ira e “ensardinhamento”, porque a grana é curta para quem precisa de transporte público.
imagem google
Vivemos um permanente processo de “refenização” por esse Brasil afora. Veja o que acontece com a TV a cabo: a gente paga para ter canais de programação exclusiva e já enfiaram propaganda comercial como na TV aberta. E isso quer dizer que agora a gente além de ter que engolir mais esse sapo, ainda pagamos por ele. Segundo a desculpa que deram aos Procons, se não fizerem isso, a TV a cabo fica inviável no Brasil, devido ao baixo número de adesões. E nós com isso? No capitalismo não vale a máxima “quem não tem competência não se estabeleça?” 
imagem google
Veja o que está acontecendo com os aeroportos. Todos os dias ao ouvir ou ler notícias há um destaque para atrasos de voos. As empresas alegam sempre problemas meteorológicos. O que a gente bem sabe é que há uma venda de passagens maior do que a capacidade que os aviões (overbooking). E eles não aumentam a frota, porque senão vai aumentar custos e repassar aos consumidores.

Quem tem uma curiosidade meio de economista e lê resultados de balanços dessas empresas vê que os lucros estão subindo na mesma proporção da indignação geral. 
imagem google
Não saímos do cativeiro econômico. Afinal, os empresários financiam as campanhas dos políticos para que eles venham até os mais longínquos e pobres lugares, obtenham os votos da maioria e mantenham uma forma de não trazer aborrecimentos para eles (empresários).
imagem google







CANDIDATO: Pessoa que obtém dinheiro dos ricos e votos dos pobres para proteger um do outro depois de eleito. (Do Anedotário Popular)

18 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

é algo revoltante... se as empresas lucram mais, não deveriam oferecer um serviço melhor?
como vc disse, reféns, já que muitas vezes não se oferece um competidor real para brigar pelos clientes...

é complicado! e te pergunto, trem bala é preciso?
bom dia

Felipe Faverani disse...

Oi, Cacá, tudo bem?
É incrível como a má administração, de qualquer empresa ou segmento é sempre empurrada com a barriga aqui no Brasil. Não existe respeito ao consumidor como ele deveria ser oferecido de fato.
A frase sobre o capitalismo é genial. Já pagamos por TV a cabo para fugir desse entupimento nas TVs abertas e somos obrigados a engolir sapo para assistirmos a programas de qualidade.
É vergonha atrás de vergonha.
Abraço.
(Obs: Incrível o poema que postou no comentário que fez abaixo do meu poema. Fico lisonjeado pelas suas palavras sempre.)

Maria disse...

Excelente como sempre meu amigo, até parecia que a sua missiva era referente a Portugal...
Tenha um maravilhoso fim de semana, pleno de alegria, paz e harmonia.
Beijinhos
Maria

Geyme disse...

Bem, lendo isso, eu refresco a memória com nossos "causos" e reflito sobre as vantagens de morar aqui na Alemanha... Tenho que tirar o chapéu mesmo! O canal aqui é do governo, mas todo cidadao paga uma quantia aceitável para ter televisao publica de qualidade. Vemos filmes inteiros sem propagandas, inclusive novelas e programas!!
Bondes, trens e metros por aqui sao mais pontuais que meu proprio relogio...hehe
O Brasil talvez tenha que aprender algo de administracao pública no exterior (embora esteja fazendo um sucessao danado por aqui, a ultima notícia do Brasil foi: "O gigante inesperado" em referencia ao crescimento extraordinário que vem ganhando espaco).
Bem, Cacá, meu blog mudou para: www.geyme.com (ou vc acha que eu fico de fora das patologias "blogueiristicas"??)
hehe
Nao me abandone, please!! Tenho síndrome de carencia também, hahaha!
Beijao grande!!!!

Norma de Souza Lopes disse...

Amanhecestes indignado meu caro! Gosto quando sua literatura denuncia a torpeza desse nosso mundo do capital.
Abraços

Misturação - Ana Karla disse...

Me dá um desânimo!
Serviço tem muito, mas deficientes.
Essa da TV a cabo é demais.
O que mais vai acontecer?
Cada vez mais nosso País cai.

Cacá tenhas um ótimo final de semana.
Xeros

Marcio JR disse...

Pois é, Cacá. Tem tanta coisa errada, que é até difícil enumerar.

Muito próximo de minha casa, existe uma rodovia federal. BR 476, ligando o PR a SP. Durante décadas, existia a promessa de duplicação, até que um dia, ela foi (porcamente) duplicada. Agora, nas campanhas eleitorais, todos são pai ou mãe da obra: presidente, prefeito, governador, deputado e senador. É como se todos tivessem feito algo.

O estranho é que ela está com alguns buracos, sem iluminação, com semáforos desligados, etc. Quando reclamado, ninguém mais é o pai da criança. Que engraçado, não é?

Abraços, Cacá.

Marcio

CESAR CRUZ disse...

Pois é, meu amigo Cacá... Isso aqui é uma terra de ninguém, sem leis, ou com leis que só valem para alguns.

Somos uma massa de manobra bovina, cabeceando e berrando, como porcos que vão pelo corredor estreito para o inevitável abate.

Abço
Cesar

pensandoemfamilia disse...

Gostei da definição de cadidatos, pois é assim que acontece3. Por que não damos um basta? É interesse de muitos manter esta situação, cada um com seus motivos, tanto de um lado, como do outro (pobres e ricos).
Enquanto não percebermos ( interdependência), em geral, que quando ganho, na realidade estou perdendo, tudo vai ficando como está.
abraços.

Uni ver sos disse...

Pois é, meu amigo, a impressão que dá é que se derem um jeito para todas essas coisas e outras ~mil não mencionadas, não será mais o Brasil. Parece que o nome do nosso país está ligado a todo tipo de falcatrua e péssimos exemplos, salvo algumas excessões..

Abraço e maravilhoso final de semana!

Thiago Quintella de Mattos disse...

Sugerir melhoras no transporte público de qualquer cidade é o maior dos sacrilégios, daí para fogueira/forca, é questão de tempo. Refenização... falou tudo!

Celina disse...

Oi Cacà tudo de bom para vc . De começo quero agradecer o seu comentário gentil. As vezes sinto dificuldade de comentar os seus trabalhos, que tão bem faz a todos carentes de quem se enteresse por eles reinvidicando por melhoria em todos os setores. Eu o admiro por isso é necessario alguem como vc . O meu estilo é bem diferente do seu talvez aí está a dificuldade.
Um abraço carinhoso. Celina

Aleatoriamente disse...

Cacá querido,
Realmente estamos no meio de uma bagunça social.
Infelizmente os menos favorecidos somos nós (povo).
Um beijo amigo.

Fernanda.

Elaine Barnes disse...

Falta ética e vergonha na cara. Infelizmente pagamos sempre pelo mau caratismo dos poderosos que enriquecem com nosso suor. Um país tão maravilhoso e rico,onde o que se planta dá, não era pra ficar na mãos de corruptos. O país tem solo rico,memória curta e vive de promessas. Enquanto isso...Pagamos impostos e somos tratados com burocracias que nos humilham.
Amei o texto como sempre. Você é demais! Montão de bjs e abraços

JoeFather disse...

Verdadeiramente correto o ponto de vista do amigo!

Na questãos dos transportes, tanto terrestres, aquáticos, aéreo e espacial (eu disse isso? hehe) vale a iniciativa pública de buscar subsídio daqueles que dependem que seus funcionários tenham um bom transporte coletivo, ou seja, as grande empresas podem ajudar a pagar o transporte, melhorar as condições e até diminuir a passagem. Aí tem uma redundância, mas não é de português, pense, se as empresas ajudarem a baixar o valor do VT, elas também acabarão pagando menos, de certa forma ficará elas por elas!

Mas é como o amigo diz, em terra onde não existe comprometimento e só negociata, melhor manter do jeito que está para não piorar!

Grande abraço e excelente final de semana!

Adh2bs disse...

Prezado Cacá.
Mas também não é menos verdade que a gente é muito carneiro, não briga, só mostra nossa indignação em conversa de bar. confesso que me tornei um destes, passei anos tentando mobilizar as pessoas pra gente se juntar e afrontar os desmandos. Qual o quê... Já tentei brigar contra um aumento de IPTU durante os anos 90, segundo a prefeitura "pra recolher o lixo" (?!?!?!); depois contra a taxa do lixo mesmo, era a favor da idéia mas a gente já pagava ele no IPTU!!! Entre outras... Minha última cruzada foi mobilizar empresas com frota para uso a serviço contra a Inspeção Veicular; não bastasse o IPVA e o anaacrônico licenciamento anual, em Sampa a gente paga pra levar o carro pra te dizerem se o carro polui ou não! E se não passa, aguente a multa! Sabe qual foi a adesão a causa? Zero, nem na empresa que trabalho. O pessoal prefere deixar pra lá!!!
Abraço conformado, paga e não bufa,
Adh

Amapola disse...

É realmente um caos! A pessoa já chega no local de trabalho, sentindo como se já tivesse cumprido a sua carga horária.
----------
Essa frase do Fernando Collor jamais esquecerei: QUEM NÃO TEM COMPETÊNCIA, NÃO SE ESTABELECE"
-----------
Adorei a função do CANDIDATO.

Um grande abraço.

Web Statistics