quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

CONVERSAS COM QUEM GOSTA DE ESCREVER - Moacyr Scliar

imagem google
- Você tem algum método para escrever?

- Trabalho muito. Tenho de conciliar minha atividade de escritor com a de médico de saúde pública, e, além disso, meu método de trabalho é complicado. Parto de uma idéia qualquer – originária de uma figura real ou imaginada, de um incidente, de um fato histórico, de uma notícia de jornal – e sobre ela começo a escrever, ao acaso, trechos que podem ser o começo de uma história, ou o meio, ou o fim.  Quando estas anotações chegam a um certo volume, redijo a primeira versão da narrativa. Sempre à mão. Acredito ser a mão um instrumento mais sensível para a palavra escrita. Depois é que datilografo (sic), uma, duas, três ou mais vezes, até que o texto me pareça razoavelmente bom. Sou um perfeccionista que busca a palavra certa no ritmo exato.”
(Moacyr Scliar, escritor gaúcho)
____________________________________________________________
In: Escrever Sem Doer -  Ronald Claver, ed. UFMG, 2006.

14 comentários:

Felipe Faverani disse...

Oi, Cacá, tudo bem?
Que bacana você postar essa resposta do Moacyr agora que ele está passando por um momento tão difícil. Vai fazer com que as pessoas admirem ainda mais esse grande escritor que ele é.
Torçamos por ele!
Abraço.

Aleatoriamente disse...

Gostei do texto Cacá.
Você como sempre uma pessoa maravilhosa e expressa isso de uma maneira tão sua e que nos abraça forte.
Cada poeta com seu jeitinho né? Moacyr tem o dele em especial.

Um beijo querido.
Fernanda.

maria olimpia alves de melo disse...

Bom dia, madrugador. Só estou aqui a essa hora porque tenho uma ressonância para fazer. Se não ainda estaria dormindo o sono dos justos. Bom saber do método do Moacyr - li os comentários também - certamente estou torcendo por ele.só não sei a razão. Vc sabe?

Cacá - José Cláudio disse...

Oi, Maria Olímpia. Ele sofreu um AVC no domingo e o estado de saúde parece ser grave.Queira Deus que se recupere bem e sem sequelas. Abraços. Paz e bem.

Neca disse...

Cacá,
Pois, eu adoro a escrita do Moacyr. Adoro a forma com que ele aborda temas cotidianos e recheia as crônicas com sua experiência pessoal. Grande escritor. E que Deus o ajude a sair dessa!!
Beijocas, Cacá!

Norma de Souza Lopes disse...

Também gosto do Scliar. Uma pena que a imartalidade da Academia é apenas para a obra e não para o autor. Mas espero que dê tudo certo.
Abraços
Norma

CESAR CRUZ disse...

Pois é, Cacá. Até ontem o Scliar estava mal... hoje não vi ainda o boletim. Deus que o ajude! Gosto muito dele, tenho diversos livros e o acompanho pelo jornal há anos. Certa vez vi ele dizer algo que para mim foi uma surpresa:

"diferentemente de muitos escritores, eu não preciso de silêncio e paz para trabalhar. Me fecho e escrevo em qualquer lugar, onde estiver, se a ideia surgir"

Abraços
Cesar

Chica disse...

Muito legal e que pena que ele não esteja bem no momento...Tomara melhore!!!abração,chica

Thiago Quintella de Mattos disse...

O Moacir é fera. Parece que é sempre uma pessoa a nos motivar a ler escrever e a pensar. Não sabia que ele sofrera um AVC...

Toninhobira disse...

Voce com suas ideias fantasticas, pena que neste instante o poeta esteja passando por momentos dificceis.Que haja superação e sem traumas.Boa Zé. Um abraço de paz.

Diogo Didier disse...

Gente! isso é que se pode chamar de trabalhar um texto...um artesão que com materiais simples constroi a sua arte...acho que vc é discipulo dele Cacá, ou é o inverso?! rsrsrsrs...bjoxxxxxx no coração!

´Flor* disse...

HEHEHE cACÁ*Eu deletei isto pq deu TILTI na minha conexão hoje..lá na página do orkut eu clikei para pegar o selo de 5anos de orkut,mas logo apareceu o nome de meu blog,achei estranho e logo vi que eles compartilham com Blogspot..Mas eu quero o selo na minha página lá..e não escritos aqui..então deletei tudo..kkkk
Antenado ein???
Bjuss\Mil\Flor**

Gato Vadio disse...

Cada qual tem seu método; mas o que fascina em tal processo é a forma como a inspiração chega: feito o miúra, que só focaliza o rubro da capa - e esquece-se do mundo à sua volta. Abração no SuperZezão!

Web Statistics