sábado, 15 de janeiro de 2011

CONVERSAS COM QUEM GOSTA DE ESCREVER*

* CONVERSAS COM QUEM GOSTA DE ESCREVER foi uma forma que encontrei de reunir escritores para um colóquio sem ter que proceder diante do impossível, no entanto muitíssimo desejável. Ah, quem dera! Tê-los todos presentes num só lugar para falarem pra gente sobre o que significa escrever e o que sentem diante do ato.  Então saí por ai, vasculhando livros, revistas, jornais, blogs, sites e onde mais encontrei depoimentos e juntei bastantes. Vou publicando aqui através dessa série. Comecei comigo mesmo para que provem o gosto ruim antes de se deliciarem com o bom dos grandes mestres.




Escrever, às vezes, é o que me incide. O que “dá na telha”, como se diz por ai. Ocorre que às vezes escrevo o que dá na telha e não é o que penso. Ai penso e reescrevo. E nem sempre foi o que deu na telha. Entre pensar e ocorrer fico com o que está escrito. Já escorreu. Meço  as palavras? Quase! Se é texto, reconstruo, reescrevo, refaço, repenso. Se é poema, deixo ao vento, ao sol, ao relento. É puro sentimento. Quem gostar que sinta. Quem não gostar que apague da memória. (Cacá- 2009)


22 comentários:

Silviah Carvalho disse...

Me diz: há alguém que não gosta do que escreves? duvido!
és um mestre, porque gosta do faz e faz o que gosta.
e eu, admiro!
bjs. sucesso.

Bruno disse...

Cacá,
Agora os escritores ganharam mais um espaço para mostrar o seu trabalho. O site Los Burrachos: http://www.losburrachos.com.br/
Espero você e seus seguidores no meu blog: http://visaodeumburrachosolitario.blogspot.com/
Abrax. Inté.

maria olimpia alves de melo disse...

Bem legal Cacá. Tenho alguns livros interessantes sobre o assunto. Acho que achei que lendo quem escreve e publica eu acabaria aprendendo por osmose. Agora, gosto ruim lendo o q vc escreve sei q nunca vou sentir.

HSLO disse...

Que ótimo Cacá...e essa foto ficou bonita.

te desejo um ótimo final de semana.

abraços

Yasmine Lemos disse...

Cacá no mundo dos blogs vc é peculiar.
gentileza, inteligencia .enfim coisas raras
sucesso meu amigo
abraços

Diogo Didier disse...

Eu tbm adorei a foto e concordo com as palavras dos seguidores acima: vc tem o dom da palavra e isso é algo que admiro muito. Também gosto muito de escrever, de expor a minha opinião através das palavras, mas terei que comer muito feijão com arroz para um dia me aproximar de vc rsrsrsrs...xero lindo e PARABÉNS!

Maria Emilia Xavier disse...

Foi bom saber como os mestres - pelo menos um deles - criam suas maravilhosas obras.

Helena Frenzel disse...

Bom dia, Zé! Acompanhei pedaços desta sua série no Recanto, mas nada me impede de voltar a me deliciar por aqui também. Se tem um escritor da nova safra para quem desejo que as portas se abram, este é você, meu caro. Mais sucesso e reconhecimento, pois sua escrita qualidade! Um abraço fraterno :-)

Helena Frenzel disse...

Quis dizer: sua escrita tem qualidade. Engoli o verbo no comentário anterior, he he he...

AyméeLucaSs disse...

Ola,
Uma bela descriçao do seu escrever.
Foi concreto, sensato... Adorei!
Quando fala da poesia eu me senti coo voce, deixar o vento levar as palavras para quem quer sentir!

Eu amo escrever...
No meu blog eu tenho a minha descriçao em varios posts,comecei o meu blog descrevendo esta sensaçao no meu primeiro post, e no post em que dediquei uma homenagem a um amigo secreto... Ali sim,voce ira encontrar mesmo o que sinto, rsrs(Agora sei quem é o meu amigo secreto!)
Estou facilitando a voce, para encontrar o meu modo de descrever o que sinto, pois senti vontade de fazer parte desse seu mundo de revelaçao se posso, se me permite!

Queria dizer que agora a estoria narrativa das irmas esta se completando e ontem postei o IV capitulo da estoria, e vim aqui para te avisar!
Um grande abraço!

Chica disse...

esse teu jeito de escrever, seja co0mo for, agrada sempre!um abração, daqui dessa linda praia onde me encontro e de onde apareço qdo a conexão permite(por vezesw ela resolve vir de carroça...)chica

Diogo Didier disse...

Tem um selo bem especial esperando por vc lá no meu blog...depois passa por lá para pegá-lo tá bom?! bjoxxxxxxxx no coração!

Celina disse...

Oi Cacá, desejo sucesso nesta noca empreitada, Gosto muito do que escreves, se naõ, ficaria calada, sou muito transparente em tudo,por mais que tenha o que fazer sempre sobra um tempinho para ler as tuas cronicas, as vezes fico sem comentar, e verdade, para não botar qualquer coisa banal , que não corresponda o teu trabalho [ohla a responsa] agradeço a confiança que vc tem em mim uma simples dona de casa metida a escrever.Um abraço carinhoso Celina.

Thomaz Ribeiro disse...

Não é querendo parecer bajulador, mas dado o encantamento que as suas reflexões suscitam em quem as lê, essa sua série não poderia começar de melhor maneira.
Abraços.

Renata Diniz disse...

Parabéns pela iniciativa. Aprecio muito o seu estilo literário e aprendo muito aqui. Abraços!

Tati Pastorello disse...

Muito bom. Adoro a maneira como brinca com as palavras. Coisa de quem tem muita intimidade com as danadas.
Adorei e já estou de olho nesta série. Um dia, quando eu for uma escritora, também mando meu depoimento para você! kkkkk
Um beijo com muita saudade. Obrigada pelas palavras carinhosas, não pode imaginar como me deixou feliz.

Toninhobira disse...

Sua criatividade lhe faz impar nas cronicas e olhos sobre o mundo,extraindo sempre as mais inusitadas reflexões e faz repensar quem o ler.Muito bom Zé.Abraço de paz e luz.

Marcio JR disse...

Provar o gosto ruim? Larga um pouco a modéstia, Cacá. Passar por aqui, é encontrar sempre excelente leitura e um grande escritor, e isso é ponto pacífico, sem discussão.

Agora, seria realmente maravilhoso um espaço com um grande número de escritores, todos falando e tecendo enredos de suas vidas literárias. E o bom é que daqui do teu blog, sempre partem novos experimentos, e que sempre acrescentam muito na vida de quem escreve.

E quanto a você, meu caro, se "der na telha", ou se for corrigido, não importa. Tendo a tua assinatura, já é sinal de muita qualidade.

Abraços, Cacá.

Marcio

Felipe Faverani disse...

Oi, Cacá, tudo bem?
Realmente devo concordar com o pessoal: sua escrita é sempre excelente, de uma qualidade indizível!
Meus parabéns pelo lançamento do livro.
Grande abraço.

Geyme disse...

Oi querido!!

Poxa, vc já pensou se pudessemos fazer um encontro de escritores e discutir nossos livros e ideias??
Tem muita gente com talento por aí, alguns sem condicoes de levar o sonho de ter um livro adiante, outros, que escrevem nos blogs, em diários, em cadernos escondidos...
Somos muitos na blogosfera, que bom!! Fico feliz de ter conhecido tanta gente legal como vc e super orgulhosa de poder considerá-lo meu amigo escritor, talentoso, sempre gentil e poder estar aqui, lendo seus textos!!!!!


E ahhh!! Deixei um presentinho de grego, quer dizer, um selinho "proce" lá no meu blog:
http://geyme.blogspot.com/2011/01/corrente-do-selinho.html

Muitos beijos!!!!!!!!

JoeFather disse...

Gostei do princípio que o amigo utiliza para escrever!

Eu sou movido por outras forças (não do além hehe), geralmente desenvolvo um tema inspirado por outras pessoas, ações, discussões, brincadeiras, e tudo o mais que tocar a sineta da minha caixa cerebral...

E o escrever, mesmo que forçado, ainda sim me faz bem, mas seguindo a modéstia do amigo, reconheço que estou anos luz de mestres da literatura, somente brinco com as palavras!

Abraços renovados e parabéns pelo tema abordado!

Misturação - Ana Karla disse...

Garanto que a partir de você não porvaria o ruim para chegar ao bom. Por que não o contrário.
A amostra que tenho por aqui, sei que não é bem assim.
Só me resta desejar-lhe mais prosperidades e sucesso.
Xeros

Web Statistics