sábado, 19 de novembro de 2011

PSIQUE

imagem google
Da Série:  Quem cô sô , Oncotô, on cô vô

Esse negócio de arquétipo e estereótipo é difícil pra danar de se compreender. Dá uma sensação de sofisticação que assusta os ouvidos. Arquétipo é um molde e estereótipo uma figura. Ai a gente faz um protótipo, que é uma espécie de bonequinho com a nossa cara, modos e trejeitos (pode ser de massinha mesmo, só para exemplificar) e pronto, está explicada a psicologia na prática para os leigos. Mas atenção: carentes dos arquétipos e estereotipados, somos os protótipos do nada.

32 comentários:

✿ chica disse...

Ui, fundi o resto da minha cuca aqui ...rsrs

Legal!!!

abração,lindo fds,chica

Astroterapia Junguiana - Cynthia disse...

Olá José, seria como dizer que a ação de um arquétipo acontece de dentro pra fora, enquanto a dos estereótipos ocorre de fora pra dentro. Arquétipos são profundos.De acordo com Jung, os Arquétipos, como elementos estruturais e formadores do inconsciente, dão origem tanto às fantasias individuais quanto às mitologias de um povo. Abraço Cynthia.

Tunin disse...

Cacá, o modelo perfeito em contrapartida com o lugar comum às vezes assusta. Gostei da tua intervenção. Abração.

Rô... disse...

oi Cacá,

meu Deus,
tantos nomes,
tantos moldes e modelos,
e o mineiro simplifica tudim,
bem rapidim...

beijinhos

Helena Frenzel disse...

Oi Cacá, sabe que o mais legal de estar por aqui tentando descobrir, junto com os outros, quem cô sô, on cô vô é que, mais tarde, quando cê for um escritor bastante conhecido eu pudé dizê que te cunheçi desdi o cumecinho (da carrera, craro!) Um abraço fraterno, meu caro, força aí! Inté :-) Gostei da série e das reflexões.

Jacques disse...

Muito bom, Cacá.
Com o ser humano é e sempre será eternamente imperfeito, acredito que é perda de tempo explicá-lo.
Não acredito muito na Psicologia freudiana, a acho muito limitada.
E é aquela coisa: como vamos explicar o funcionamento do cérebro, se para isso, temos de usar o cérebro?
Abraço, meu caro.

Jaime Guimarães disse...

Mestre Cacá, em breve retorno aqui para colocar a leitura em dia! Não tô dando conta dos blogs para visitar rsrs

Quero primeiramente agradecer ao gentil comentário lá no blog da Emiliana! Muito obrigado mesmo, nem tenho palavras para expressar o meu contentamento! Ah, e que gênio que nada, gênio é o Falcão Marcondes que canta I´m not dog no! hahaha!

E genial é você dando um nó em nossa cuca - eu já li algumas coisa de Jung e preciso reler. Na verdade já estou fazendo isso até para tirar uma dúvida quanto à simbologia. Jung estudou a fundo essa questão dos símbolos e acho muito interessante, tanto quanto os arquétipos.

Eu volto!

Um abraço!

gorettiguerreira disse...

Querido Cacá, penso que deixei nesse instante meu "Tico e Teco" e ainda brigando por tantos nós desse mineiro (Especial) que é você.
Lamento tanto por seu papai. Ufa! Esse ano penso que ganhamos indulgencias com o papai do Céu mesmo perdendo. Faz parte e é a regra da vida.
Muita luz querido.
Beijos de saudades.
Goretti Albuquerque.

Célia disse...

...kkkk... rindo muito por aqui pois estou às voltas com um "tratado" de personalidade... e ainda não decidi "quem cô sô..." Realmente você tem muita razão: nos apegamos às terminologias, aos diagnósticos "pomposos" e esquecemo-nos simplesmente de SER! Nada mais que isso é necessário!
Abraço e tô pensando: "on cô vô"!
Célia.

Casal 20 disse...

BÁRBARO!!! Genialidade em sucintíssimas palavras aspergidas com humor análitico.

Amei!

E já estou indicando!

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.

Leninha disse...

Oi Cacá!Boa tarde!!!

Mineirinho é assim:com poucas palavras resume um assunto complexo e dá o seu recado.

Uma das imagens arquetípicas mais conhecidas é a do herói. Os heróis são personagens fundamentais em todas as mitologias.E como admiramos os heróis

Um fim de semana feliz para você,amigo,
Leninha

Mariazita disse...

Uma passagem muito rápida só para agradecer seus votos de melhoras, meu caro amigo Cacá.
Vou melhorando a passo de caracol... :)

Bom domingo. Beijinhos

Maria disse...

Bem amigo acabei de ficar toda baralhada ....
Hoje deixei no meu cantinho um obrigado aos Amigos. É um miminho simples mas feito com carinho para agradecer a vossa companhia na estrada da vida e porque seu blog é ESPECIAL, um espaço onde a qualidade e o bom gosto estão sempre presentes em todos os posts.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Inaie disse...

e eu continuo sem saber oncoto, quencosso e poncovo...

saudade doce!

otilia cristina disse...

POIS É CACA NEM GOSTO DO MOLDE,NEM DO PROJETO,NEM DO BONEQUINHO, GOSTO DO ORIGINAL.ESSE QUE NA VERDADE A PSCOLOGIA ESTA LONGE DE ENTENDER E SABE POR QUE? É TÃO FACIL ENSINAR O QUE DEVEMOS SER E FAZER NÉ?
DIFICIL É POR NA PRÁTICA..
POR ISSO FICO COM ORIGINAL ..AFINAL DE CONTAS OS PROJETOS E MOLDES SEMPRE SÃO MAIS PERFEITOS ..SRSRS

ADOREI ..

BOM DOMINGO CACÁ

OTILIA LINS

Pandora disse...

Eu adoro esse seu jeito de escrever Cacá! Só me lembro de Machado de Assis... Quando comecei a ler seu livro eu pensei: Poxa o Cacá deve ter lido Machado, ai de repente vc cita o homem no livro... Pronto, fez-se o dialogo!

pensandoemfamilia disse...

Esta deu muito pano para as mangas e o que fica é o quanto se classifica e pouco que se desvenda desta nossa complexidade humana.
bjs

Cores da Vida... disse...

Oi Cacá,
Rsrs!! É por aí... E nesse caso, "a ordem dos fatores não altera o produto". Vai entender o ser humano!
Um abraço,

Cores da Vida... disse...

Nossa Cacá, me desculpa! O meu computador ficou lento e começou a travar, então eu cliquei várias vezes e deu no que deu.
Peço por favor que remova os meus comentários repetidos.
Obrigada e, mais uma vez, me desculpa,
Ana Lúcia.
PS: Aguardo uma visita sua.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

rs. complicado saber a diferença entre eles, mas que seu texto ficou mto legal, ficou!

grande abraço!

zelia maria freire disse...

E o que é que eu sou? o que é que eu sou? gostei e vou ficar pensando, beijo de zélia.

Bixudipé disse...

Muito interessante: esclareceu-me!

Adorei! Abração,

Rodrigo Davel

Eva disse...

ehehe, adorei Cacá super bem bolado e fala tudo, bjos querido, boa semana!

Diogo Didier disse...

Oi Cacá, como eu expliquei, mas acho que não fui tão claro assim, estou concorrendo a um pequeno concurso na minha sala da faculdade. Como lá TODOS os alunos têm blog, então a professora resolveu fazer uma intervenção e pediu que TODOS fizessem um post político e mostrassem, nas estatísticas do blog, qual foi o post mais visualizado. Por isso, comecei a divulgar em alguns blogs parceiros para pedir ajuda nesse sentido. É um texto meu bem legal e que eu acredito que vale a pena ser compartilhado, independente de trabalho. Por essa razão eu pedi a sua ajuda. Se puder, por favor, é só divulgar em forma de post no eu blog, tá?! bjxxxxxxxxxxxxxxxxx querido!

esse é o post:

http://serfelizeserlivre.blogspot.com/2011/10/brasil-um-pais-de-todos.html

。♥ Smareis ♥。 disse...

Oi Cacá, é difícil entender, mais explicaste da forma mais fácil...Protótipo é uma espécie de bonequinho com a nossa cara.Ótima semana cheia de coisas especiais e muitas energias positivas nos seus dias. Beijos grande!

Ma Ferreira disse...

Tendi nada..mas volto pra ler de novo..sou teimosa..rs

Beijinho...

Luma Rosa disse...

Os protótipos são montados escoltados sobre um modelo. Acho que a preocupação deve ser se somos modelo para alguém; isso realmente é perigoso! (rs*) Beijus,

Denise disse...

Do título ao desfecho, uma delícia de se ler...
Somos estereotipados e construímos os arquétipos...a diferença entre um e outro geralmente fica mais clara quando temos pistas boas sobre quem cô sô , oncotô, e on cô vô...fácil, viu só?...rsrsrs

Beijão Cacá, boa semana!

Web Statistics