quinta-feira, 24 de novembro de 2011

NEM CONTRA NEM A FAVOR, MUITO ANTES PELO CONTRÁRIO


O blog A favor & contra estava com uma enquete no mês passado sobre a cirurgia plástica. Eles fazem isso todos os meses, é muito legal. Lançam uma pergunta polêmica ou inquietante e deixam 30 dias no ar para manifestações sobre o tema. Já falaram sobre sedução, sobre o conformismo dos jovens, sobre a eutanásia, armas de fogo, enfim, coisas estimulantes para quem gosta de um bom debate. Quem quiser participar, inclusive, eu recomendo, é sempre muito divertido e/ou instrutivo. A pergunta que estava valendo para setembro/outubro era: “Cada vez se recorre mais a cirurgias plásticas com fins meramente estéticos. A favor ou contra?”

No dia 23 de setembro eu fui lá e me posicionei contra mas depois voltei, andei lendo os comentários e estou querendo seriamente rever minha postura. Senão eu acho que não estarei evoluindo junto com a comunidade internacional - e nacional também, pois , segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica o Brasil é o segundo país do mundo em cirurgias plásticas (mais de 600 mil por ano). O segundo em alimentos artificiais, o segundo em cabelos, peitos, bundas artificiais, roupas sintéticas e outros artifícios artificiais.

A estética enquanto concepção já é um artificialismo. É uma forma de ajustarmos as nossas imperfeições natas. E a beleza natural completa não existe enquanto unanimidade. O que é belo naturalmente para uns precisa de consertos e retoques para outros. Há até quem desmanche tudo e faça novamente de acordo com sua concepção de beleza. Ou também quem crie do nada, algo que imagina ser a tradução do belo.

A cirurgia plástica estética, que imagino ter sido inspirada na escultura não deixa de ser uma arte (acessível a muito poucos, é fato) a serviço dessa parcela narcísea humana e tem feito a felicidade de muita gente. Portanto, não sou a favor nem contra, muito antes pelo contrário.

25 comentários:

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo Cacá.

Eu acho que se a pessoa se sente muito incomodada com aquilo, é válido, desde que haja equilíbrio.

Pagar caro e correr riscos para virar um "Frankstain", parece patológico.

Paz e bem.

Beijos.

Rô... disse...

oi Cacá,

acho isso tão pessoal,
nem sei se tenho uma opinião formada,
apenas penso que tudo que é exagerado,extremado,
não pode ser bom,
acredito no equilíbrio,
no bom senso,
nas melhores escolhas,
tem gente que não consegue conviver com o peito grande,
ou a bunda pequena,
ou o nariz tortinho,
ou com uma barriguinha...
então que sejam feitas as devidas correções,
que sejam felizes com as mudanças,
mas com responsabilidade...

beijinhos

Casal 20 disse...

Cacá, "nem contra nem a favor, muito pelo contrário" rsrsrsrs sensacional!

Acredito na liberdade com responsabilidade: ela/ele quer? Deixa, mas espero que a própria pessoa ou algum familiar ou amiga mais sinceros intervenham com carinho se a coisa começar a beirar o ridículo.

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.

SIMEI disse...

Carissimo amigo Cacá.

Quinem eu, nem a favor e nem contra!

Felicidades, a você e os seus.

Vivian disse...

Bom dia,Cacá!!

É um assunto bem polêmico...Mas como tudo na vida pede equilíbrio,o que infelizmente não acontece.De que adianta uma preocupação exacerbada com a aparência, se não cuidarmos do interior também?!Eu não faria, minhas preocupações são outras.Mas cada caso é um caso... acho muito válido para aquelas pessoas que sofreram algum tipo de acidente.Ih!Quanto mais pensamos mais polêmico fica...rsrsrs
O bom é ter sempre equilíbrio e respeitar o próximo!

Beijos!!!!

**Muito obrigada pelo comentário ontem!!!Estou muito feliz!!!!Ando rindo à toa...rsrsr

Eva disse...

Eu adorei o comentário da Rô, é bem o que eu penso Cacá, o bom senso é sempre o melhor conselheiro, tem gente que sofre muito com algumas "naturalidades", acho válido, correções, sim, mas o exagero será sempre arriscado, e muitas vezes na busca do belo, depara-se com o feio e esquece-se que a beleza é uma concepção interna, se a feiúra está lá dentro na nossa concepção, não que ela exista realmente, ela vai sair para fora, inevitavelmente e não há plástica que conserte isso, apenas nós mesmos.bjos querido. Um dia feliz de Ação de Graças, obrigada pela amizade.

Anônimo disse...

O tio cacá também quero falar !

Assim também acho que a questão não é ser a favor e nem contra, pois todos têm que ter o direito de ser livre pra fazer suas escolhas.

Mas eu vejo também numa lógica simples econômica, que todas as mega clínica de estética no mundo, pelo interesse do máximo lucro, transformam toda a revolução estética humana, em meras moedas monetárias de consumo.

Desvalorizam a ciência em prol de mega rendimentos.

Isso traduz em marketing, alienação, exploração, degradação, etc, que tomando o contexto .
O fato é que como o mercado não transgride essa fronteira entre o interesse privado do lucro e interesse público ambiental e social, pode até ver nas mídias brasileiras alguma coisa sobre o tema, mas trata-lo como acesso público de todos, isso a gente não vê.
Aí eu pergunto, será mesmo que estética é só uma questão de consumo e padrão de beleza? Por que não incentivar o avanço e uso da estética em prol dos acidentados, deficientes, transformistas, narcisistas, etc, Mas lógico que não na lógica do empresariado privado que priva o acesso das pessoas, mas na lógica constitucional de bem público, dito isso o marketing é muito diferente do qual vemos hoje.

Aí eu defendo que todos que sintam necessidade de usar a estética caso não tenham o dinheiro, que protestem, que encomodem os governantes, pois como indivíduos sociais todos tem que ter direito e acesso as mercadorias do mundo, ou seja, a luta a para que todos possam escolher e decidir por si sós.

Eu sei que muitas pessoas não enchergam o desastre que é a mídia brasileira. Quer um exemplo prático, Globo, Sbt, Record, etc. Usam de mega eventos emprol da solidariedade, Enquanto elas mesmas e todas essas grandes fazem isso dizem que fazem por nós, quando na verdade incentivando o consumo através do marketing ou investimentos das empresas privadas e públicas, o ganha pão da mídia sai daí, é óbvio que incentivem que as pessoas trabalhem, trabalhem, trabalhem, comprem, comprem, comprem. E a história de todos têm direito ao acesso as oportunidades vai por água baixo por esses vilões, Aí complementão a frase, Todos terão direito se tiverem dinheiro.

1 bilhão de pessoas passam fome no mundo, ou seja fora os desempregados, esses além de desempregados passam fome. O PNB (produto nacional bruto) dos EUA passa dos 20 trilhões, o PIB brasil é 3 trilhões, e dizem que não têm dinheiro. Quem são os participantes do PIB? Mineração, Petróleo, industrias automoveis, grãos. Vale, MMX, Gerdau devem extrair 99% dos mineirais brasileiros, Petrobras, shell, deve ser 99%, cargill, BOMBOI, devem ser 99%. Agora soma os trabalhadores não chega a 500 mil num país de 200 milhões, agora soma os lucros juntas devem lucrar 500 bilhoes ou mais, crescentes, o mercado está bom, agora soma os gastos com salário não passa de 100 milhões. Veja bem cito as cifras monetárias, mas é claro que o problema não é uma simples questão de aumentar os salários ou só distribui renda para os pobres. A questão é mais profunda que as relações ecoonômicas.

Aí o que tem haver mineração, mídia, estética, opinião pública, mercado?

Tudo a ver!?

Quem está antenado está vendo o crescente avanço da ciência e mudança das relações sociais, e muitas encomandam capitalismo.



É óbvio que o trabalho é ferramento essencial para formação da sociedade é parte comum a todos indíviduos contribuirem.



Valeu
E só um comentário. Sem fins científicos

Abraço

Leandro

Eduardo P.L disse...

Cacá, obrigado pelo link e referências ao blog A FAVOR & CONTRA.
Seu texto e suas colocações estão perfeitas! Todo exagero é pernicioso! Cada um sabe onde lhe aperta o sapato! E do cavalo cada um desce como e quando quiser!
Forte abraço.
PS- Quando você ou outros seus leitores tiverem um tema POLÊMICO, o nosso blog esta à disposição para o debate!

♥Soniaconsult♥ disse...

Oi Cacá,
Vi teu comentário no blog da Chica e vim te convidar para deixar o teu texto lá no blog.
Ficou muito bom.
Vamos gostar da tua participação.
Bjos

Miriam de Sales Oliveira disse...

Amigo,vc manda,eu faço.Vou visitar o blog q/ achei interessante.
Qto ás cirurgias sou democrática;se a pessoa se sente infeliz,faça.
Eu,sabendo q/ sou uma mestiça baiana n/ vou querer me transformar numa nórdica,desbundada e despeitada.
As rugas são marcas de vida,deixe elas ai.Os cabelos brancos,bom,eu me acho linda com eles.Durma-se com um barulho desses...
E,eu já te disse,lembra?O pior da velhice são as rimas em S:
o cabelo embranquece,as rugas crescem,a barriga aparece,o pau desce,a mulher oferece e o homem agradece.rsss bjks originais,sem silicone

Mariazita disse...

Boa tarde, Cacá
Este é um tema muito controverso, exatamente porque a beleza está nos olhos de quem a vê.
Se uma pessoa vive infeliz porque tem um nariz à "Cyrano de Bergerac" :))) parece-me normal e humano que faça uma cirurgia.
O que, quanto a mim, está errado é gastarem-se verdadeiras fortunas para reduzir meio milítro às orelhas :))) quando há tantas crianças a morre à fome.
Mas... qum manda na cabeça das pessoas???

Não quero deixar de dizer-lhe que não me surpreende que tenha alterado a sua ideia inicial. Muitas vezes formamos uma opinião fundamentados em ideias que, posteriormente, verificamos que não eram bem como pensávamos...

Eu vou melhorando; devagarinho, mas vou. Obrigada por seu cuidado.

Continuação de boa semana. Beijinhos

Leninha disse...

Oi amigo Cacá,boa tarde!!!

Penso como você,não sou contra nem a favor,pois cosidero este assunto muito pessoal e não me arvoro o direito de julgar ninguém.
Cada qual sabe onde lhe aperta o sapato...
Meu amigo,obrigada pelo comentário e pelo carinho.
Bjsssss carinhosos,

Leninha

Leninha disse...

Cacá amado,
Onde se lê:cosidero,leia-se considero.
Bjsss,
Leninha

pensandoemfamilia disse...

Cada um escolhe o que lhe faz feliz, certo..., mas exageros como temos assistido chego ter aversão. Lembra do post que fiz das plásticas de vaginasem jovens... pois é por aí

Anne Lieri disse...

Cacá,faz tempo que não vou nesse blog dar a minha opiniao!Realmente muito legal!A cirurgia plastica eu precisei fazer uma vez de reparação na barriga por conta de um acidente,mas não sei se teria coragem hoje de fazer por estetica,apesar que acho legal quem tem coragem!...rss...bjs,

Vera Lúcia disse...

Olá Cacá,
Creio que em casos de correção de defeitos que tornem as pessoas infelizes ela é recomendada.
Quanto às demais formas de cirurgias plásticas, entendo que cabe à pessoa que deseja realizá-la avaliar os prós ou contras, já que elas terão que conviver com os resultados.
Grande abraço.

Néia Lambert disse...

"Vaidade, tudo é vaidade"...e ela tem um poder incalculável,sobrepõe-se a todos os riscos que uma cirurgia pode oferecer.

Um abraço.

mundo azul disse...

___________________________


..pois é, Cacá...A beleza é mesmo subjetiva. O que é bonito para um, não é para o o outro...Ainda bem! Se todos fossem apaixonados pela mesma imagem, seria o caos e o mundo se reduziria a uma única forma...

Gostei demais do seu texto! Um momento de reflexão...

Beijos de luz e o meu carinho!!!

_________________________

otilia cristina disse...

CACÁ..
LEGAL VOCE FEZ UMA REFLEXÃO E SUA OPINIAÕ É A MELHOR ...SABE EU TENHO A MESMA OPINIÃO QUE VOCE ..
O MUNDO ESTA MUITO DIFICIL E HOJE P O VERBO TER ESTA MAIS NA MODA DO QUE O VER SER..
HOJE OS MODELOS IMPOSTOS PELA MIDIA FAZ COM QUE MENINAS DESDE OS 15 ANOS JA PEÇAM AO INVÉS DO BAILE DE DEBUTANTES LEMBRA NA NOSSA EPOCA?? HOJE ELAS QUEREM UMA LIPO..
HOJE NÃO SE CUIDA MAIS DO CEREBRO ..E SIM DO BUM BUM,DA BARRIGA ..COMUM VOCE VE LINDAS MOÇAS E LINDOS MENINOS FALANDO "A GENTE FOMOS " SRSR SRSRSR SABE TODOS NÓS TEMOS UM PONTO FRACO QUE NÃO GOSTAMOS E QUE NOS INCOMODAM ..EU TENHO O MEU ..MAS SABE DE UM TEMPO PRA CÁ TENHO ME PREOCUPADO COM UMA PARTE MINHA QUE, A LEI DA GRAVIDADE COM CERTEZA NÃO VAI PEGAR QUE É MEU CEREBRO ...SEMPRE GOSTEI DE CUIDAR DELE MAS DIANTE DO QUE VEJO NO MUNDO QUERO PENSAR EM CUIDAR MAIS.
FICO COM VOCE ...NEM CONTRA NEM A FAVOR ,CADA UM QUE CUIDE DA PARTE QUE MAIS LHE INTERESSA ..EU TO CUIDANDO DO ESPIRITO ..E QUERO DEDICAR MAIS AO MEU CORAÇÃO E A MEU CEREBRO SRSRS ABRAÇOS CACÁ.

PS..
QUANTO A PERGUNTA SOBRA A EMPRESA SE FOTOGRAFA AI EM MINAS?
NOSSO PONTO FORTE É MINAS GERAIS

TRABALHEI ESSA SEMANA EM CURSOS
UBÁ,JUIZ DE FORA,
SÃO JOÃO DEL REI,
E FAZENDO TODA REGIÃO DE MINAS ITAJUBÁ MUITAS MESMO SE ELA FORMA EM 2012 ...O CURSO JA DEVE ESTA AGENDADO ..POIS TEM UM CERIMONIAL IMENSO ... LA FAZEMOS TODA PARTE MESMO FOTOGRAFAMOS CHURRASCOS ..AULA DA SAUDADE..E TAMBEM DAMOS BRINDES PARA RIFAS É UM PROTOCOLO IMENSO SE ELA INTERESSAR O TRABALHO É MUITO BOM ... SRSRS OLHA PROPAGANDA SRSRS NO SEU BLOG SRSR SRRS

ABRAÇOS CACÁ
OBRIGADA PELA PRESENÇA ..LA NO DMPM

OTILIA LINS

Nuvembranca disse...

Eu também Cacá, nem a favor e nem contra.O importante é você ser feliz! Com ou sem cirurgias. Beijo da nuvem.

MARILENE disse...

Além das questões que mencionou, ainda existe outra, muito perigosa, que é a falta de ética do profissional. Em alguns casos, é melhor encaminhar a pessoa para um analista, pois seus desejos são frutos de enganosa maneira de se ver.

Bjs.

Norma de Souza Lopes disse...

Entendo sua posição. Vivemos mergulhados em um mundo-mercado que transforma a bela Monalisa em imagem de camiseta. O que eu quero?
A madona distante do Louvre ou a beleza estampada em uma malha sobre meu corpo?
Se existe um lugar entre o purismo exagerado e o esteta apaixonado esse lugar foi sugerido em seu é "Nem contra nem a favor, muito antes pelo contrário" .Belo texto meu amigo.

Toninhobira disse...

Tudo é permitido, mas nem tudo é possivel,porque semore vem o vil metal para direcionar.E foi assim que agora ja temos a Cirurgia Reparaguai, que ja fez sua vitima.Enfim busca-se recuperar o que o tempo normalemnte faz e há que se entender como processo.Se arte ou não, é preciso saber onde esta arte será exposta e o publico alvo.Vou conhecer o blog.
Meu abraço.

Anônimo disse...

Cara caca,

Entendo que não se sentir bem consigo mesmo pode levar a outras patologias, como em casos extremos à depressão, seja está em um nível mais avançado ou inicial.

Esta de bem com o próprio corpo (e rosto) é excencial para encararmos (literalmente) o dia a dia. Acho a cirurgia plástica e qualquer outro tratamento estético que faça a pessoa se sentir melhor com o próprio corpo muito válido.

É claro que em exagero, como tudo na vida, ele é prejudicial, e quando a aparência se torna uma obsessão é um sintoma claro de algum distúrbio.

Porém em condições normais, a busca por melhoras na aparência e consequentemente melhora na alto-estima, seja ela através de uma cirurgia plástica, de um botox, ou do que for, é o ótimo! O importante é que a pessoa se sinta bem, e se temos tecnogia para isso, por que não utilizarmos?

Faça um teste você mesma, imagina quando você está com uns kgs a mais (todo mundo passa por isso! Rsrs) e quando emagrece, como a sensação é outra... Agora imagine que seja uma coisa que não dê para você mudar naturalmente e que te encomode a vida inteira, exemplo, seu nariz, o aumento de sua alto estima quando você estiver com o 'novo' nariz!

Web Statistics