quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

UM BLOCO BRASILEIRO *

De manhã, as manchetes
No radio, jornal, televisão
“O Brasil agora começa
a funcionar”, eis a previsão
Vamos ver se não tropeça,
O carnaval passou
O ano novo lá atrás ficou.

Condenam o país
Que dizem, não quis
Abrir o ano em janeiro
Foi-se também fevereiro
Mas se engana quem assim pensa.
Quem crê na imprensa
Não vê o Brasil, funcionar inteiro.

Pára banco, shopping, pára loja,
Pára escritório, ar condicionado, oficina,
Pára, da pirâmide social,
Somente o andar de cima
Não atrapalha nem desanima
No fim, fica tudo normal.


Quem acha que o leiteiro, o padeiro,
Motorista, metroviário, enfermeiro
Médico, mercadista, açougueiro,
Consegue parar prá pular carnaval
Ou é de Paris, onde se é mais feliz
Com muito glamour e dinheiro
Ou então não sabe o que diz
Não come, não bebe, não cura
Ressaca, joelho, ranhura.

Essa gente que não pára, entra noite sai dia
Repõe toda a nossa energia
Perdida em meio ao turbilhão
Depois de tanta folga, tanta folia!

UMA SINGELA HOMENAGEM AOS MILHÕES DE BRASILEIROS QUE SÓ TÊM NOTÍCIAS DO CARNAVAL PELAS CARAS QUE ATENDEM NOS DIAS SEGUINTES DA FOLIA.
* Será editado tantas vezes quantas forem as insistências dos que dizem que ninguém trabalha no carnaval.

1 comentários:

Miriam de Sales Oliveira disse...

É isso nai,KaKá,carnaval p/poucos;muita gente rala e rala e o rebolation deles é diferente;é p/pagar as contas na 4ª feira. bjks

Web Statistics