domingo, 24 de janeiro de 2010

DEIXE PARA A HISTÓRIA DE SUA VIDA UMA NOTÍCIA NOBRE

A NOTÍCIA

Animais de estimação têm luxo e mordomia ao alcance das patas.

Os animais de estimação não têm do que reclamar. Em julho começou a operar a companhia aérea americana Pet Airways, a primeira destinada a bichinhos de estimação. O avião leva 19 humanos e até 50 animaizinhos, porque as fileiras de bancos foram substituídas por gaiolinhas próprias para cães e gatos. Essa, porém, não é a única mordomia do reino animal. Roupinhas, acessórios de beleza, camas confortáveis, perfumes, alimentação balanceada, festas de aniversário, ofurô, personal dog, docinhos e até produtos inspirados em artigos de grife de moda fazem parte da extensa lista.

--------------------------------------------------------------------------

Fonte: http://mulher.terra.com.br/interna/ 6/08/09.

-------------------------------------------------------------------------


A CRÔNICA


Estou pensando seriamente em fazer uma série de crônicas apenas falando de cães e gatos. Acho que meu assunto já está ficando cansativo. Daqui a pouco não sei se vão ter assuntos fora de eventos oficiais onde os homens vão falar alguma coisa com os outros homens. No mais é com os bichinhos. Daqui a pouco também vou começar a sofrer ataques me insinuando como insensível, desumano (???). Tenho um álibi: possuo cachorro. Só que ele, apesar de bem cuidado, é tratado como cachorro.

Qual a diferença ente crônica, grave e aguda? Sei não, mas eu queria que este texto pudesse se chamar grave. Gravíssimo para ser mais contundente.


Como é bom acompanhar a evolução da humanidade! Eu agora quero propor eliminarmos de circulação popular alguns ditados ofensivos dos humanos relacionados aos animais. Alguns substituir. Coisas do tipo:


“Quem não tem cão caça como gato”. Ora quem não tem cão que arranje um imediatamente e cace logo algo para que se conforte. E gatos são para leite como ratos para queijos.


“Mais perdido que cachorro caído de caminhão de mudança.” Qual caminhão, o que vai levar os móveis? Onde já se viu misturar móveis com cachorro? Ele vai no carro da família. Só não é no banco da frente por causa da incompreensão das autoridades de trânsito. Os guardas ainda não evoluíram o bastante. Vão entender que, com cinto de segurança os bichinhos ficam comportadinhos na frente.

“Gato escaldado em água quente...” O que? Isso passa a ser crime inafiançável!


“Cão que ladra não morde.” Substituir para cão que ladra está carente de afeto. Já temos cirurgias de extirpação de suas cordas vocais. Latir é com cães sem teto, famélicos moradores de rua, que não despertaram ainda a sensibilidade das autoridades para lhes dar abrigo.


“Nós gatos já nascemos pobres, porém já nascemos livres.” Bom, nascer pobre é destino, viver como pobre é com os burros. Vai ter vida boa, porem dentro do conforto de um lar. A liberdade? Ora, tudo tem um preço também, não é gatinhos?


“Sofrer mais que cachorro zangado” será substituído por sofrer mais que menor abandonado. Meu único medo é se começarem a querer dar o tiro de misericórdia nas crianças de rua também.

4 comentários:

Mulher na Polícia disse...

É uma sociedade esquizofrência, psicótica mesmo. E se você não se "ajusta" ao padrão social vc é que é o problema.

Beijos Cacá!

Thomaz Ribeiro disse...

Ainda não sei onde este mundo vai parar. Quem sabe, começando pelos cães, a humanidade um dia se humanize.
Abraços.

Malucas de BR (*.*) disse...

Realmente o mundo está virado de cabeça para baixooo...

Tem gente que compra colar de ouro para um cachorro mas não são capazes de doar o mesmo valor para um orfanato ou ajudar uma família...

Nós gostamos dos animais, temos animais de estimação, mas defendemos a causa onde é necessário cuidar deles mas com responsabilidade e consciência... Pergunta onde que o bichano vai precisar do colar de ouro?

Abraços

PS: TEM VÍDEO NOVO NO BLOG MALUCAS

Garota Misteriosa disse...

Interessante o assunto...

Não é por sermos humanos que gostam de animais, que devemos tratá-los com tantas regalias... Eu sou uma humana apaixonada por animais, tenho duas cadelas e uma gata, e nem por isso gasto fortuna no que corresponde a elas. Dou o necessário para que tenham uma vida feliz e saudáveis, Dou mto amor tmb.

Existem pessoas que gastam horrores com seus bichinhos, mas quando digo gastam horrores são gastos que ao meu ver, são desnecessários. Com tanta criança passando fome, precisando de um lar...

Abraços

Web Statistics