sexta-feira, 1 de junho de 2012

COISAS DE MINEIROS

A IMAGEM TRADUZ O DIALETO
Já que não houve vítimas, dá para fazer piada de coisas que às vezes só os mineiros entendem:
Uma senhora, vizinha do aeroporto, quando entrevistada sobre o que viu do acidente, disse que acordou com um “trem” fazendo “zueirão “ danado e ao chegar à janela de casa o avião já tinha “despinguelado na pirambeira”.

FONTE: Jornal Hoje em Dia, 27/05/12

33 comentários:

pensandoemfamilia disse...

Essa foi boa, rs,rs, Mineirada, uai, rs,rs, eta "trem" bom!

Quando viajamos por esse nosso imenso Brasil, aprendemos palavras dando-lhe o sentido local.
bjs
Bom final de semana

Toninhobira disse...

Tem coisa que só mineiro entende uai.
Acontece coisa nesta Belzonte.
Meu abraço e bom fim de semana amigo.

Beth/Lilás disse...

Oi, Cacá!
Ah eu gosto muitcho desse jeitinho mineirim!
Quer dizer então que um trem, digo, um avião caiu hoje por aí? Nem sabia!
Tenho amiga que mora bem perto do aeroporto.
beijos cariocas

Debby disse...

Você me fez rir para caramba ...
Coisas de Minas, coisas desse Brasil a fora.
Debby :)

Fátima disse...

Minino,
e eu quais que vi o trem acontecendo.
Tava lá pertim.
Crendiospai Todo Poderoso!
Bjs.

Fátima disse...

Minino,
e eu quais que vi o trem acontecendo.
Tava lá pertim.
Crendiospai Todo Poderoso!
Bjs.

✿ chica disse...

Que maravilha esse linguajar.ADORO ESSAS COISAS! e TU, SEMPRE ATENTO, NÃO PODIA PERDER ESSA!!ADOREI! ABRAÇÃO,LINDO FDS,CHICA

Rô... disse...

oi meu amigo,

conheço bem esse dicionário único e particular,
meu marido não me deixa esquecer a mineirice que se espalha pelo mundo,
levando cultura...rsrs

beijinhos
hoje você está comigo no meu cantinho

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Eita nóis,hehe.
Tragi-cômico.
Que trem danado é esse Cacá?
kkkk
Muito bom.
Um ótimo fim de semana para ti.
abração com carinho

Eva Sabbado disse...

Bom dia Cacá e eu que não conheço Minas Gerais, sou doidin pelo linguajar desse povo sô, conheci um amigo, uma vez, que tudo para ele era trem, ehehe, aí aprendi que para mineiro, trem é tudo, e as palavras se abraçam, todas, bjos querido, genial o post, como sempre.

Celina disse...

OI CACÁ BOM DIA, TUDO DE BOM PARA VC . QUANDO A MINHA FILHA ESTEVE AÍ NUM CONGRESSO ,ELA GANHOU UM LIVRINHO DE CAUSOS MINEIRO. . NA ESTAÇÃO . AVISTA O TREM E DIZ A MULHER, ARRUMA OS TRENS QUE O BICHO VEM AÍ. PRECISAVA VER NO NORDESTE É UM VERDADEIRO DIALETO, PIOR QUE SÃO NOVE ESTADOS E VARIA DE ESTADO PARA ESTADO. ETA BRASILSÃO. UM ABRAÇO, CELINA

Cores da Vida... disse...

Que língua deve ser essa. O Pior, é que nós conseguimos decifrar..., rs.

Beijos,

Vivian disse...

Olá,Cacá!!

Bah!rsrs
Mas "despinguelada" é uma palavra que ouvi muito quando criança...rsrsr E somos gaúchos.rsrs
Beijos pra ti!!!
Bom final de semana!

Marcio JR disse...

rsrs. Olha, Cacá. Já nem estranho tanto, pois nesses tantos anos de vida, já convivi com pessoas de todos os cantos desse nosso país maravilhoso. Posso te garantir que a riqueza linguística é fantástica.

Colocar um mineiro, um gaúcho, um cearense e um paraense conversando, é motivo pra filmagem. Cada um vai ter que ter um dicionário de regionalismos à mão.

Digo mais. Essa riqueza toda tem que ser preservada. Não que eu seja a favor da individualização dos segmentos de raça, pelo contrário. Mas sim porque isso é algo natural do nosso povo, e principalmente motivado pelo tamanho do território. Sem contar que é uma verdadeira delícia poder viajar e conhecer as particularidades da língua regional. É puro folclore.

Perfeito, Cacá.

Grande abraço, meu amigo.

Marcio

Celina disse...

OI CACÁ, ESTOU ME RECUPERANDO AOS POUCOS , COM ESSA INJEÇÃO COMPLETA A TERCEIRA , ROGO A DEUS QUE SEJA A ÚLTIMA, É MUITO DOLORIDA. A ANESTESIA SENDO LOCAL PASSA AINDA MUITA DOR . A DOENÇA É LOCALIZADA NA RETINA. POR ENQUANTO SÓ CONSIGO ESCREVER COM AS LETRAS GRAÚDAS. UMA VISTA JA ESTÁ BEM , MESMO CURADA TENHO DE SER ASSISTIDA DE SEIS EM SEIS MESES PELO MÉDICO. OH AMIGO AGRADEÇO A TUA PREOCUPAÇÃO, SOIS MESMO UM AMIGÃO, UM ABRAÇO CARINHOSO CELINA.

MARILENE disse...

Mas ela foi super clara (hehehehe)!
Suas sensações estão perfeitamente enunciadas.
Bjs.

Cynthia (Astroterapia Junguiana) disse...

José, esse tipo de conto sobre mineirinho é só na parte rural ou poderíamos dizer que Belo Horizonte tb é considerado?
Sobre seu pai, vc está certíssimo o signo de Gêmeos tem uma persuasão nata, rsrs. Como meu signo é oposto estou precisando de umas aulas com eles, rsrs.
Agora eu gostei, apareceu no meu blog uma foto com o link do seu blog, pq qdo eu abro encima do seu nome ele vai para o novo site +1google e não mais direto para seu blog? Obrigada pela visita, abraço Cy.

Só em Palavras disse...

Chegando para conhecer, ja seguindo e espero que va me visitar
tambem aqui

http://reflexosespelhandoespalhandoamigos.blogspot.com.br/
http://reflexodalma.blogspot.com.br/
Depois me diz.
Lindo fim de semana.

Leninha disse...

Oi Cacá!

Nós mineiros temos a delícia deste falar que encanta a todos...e a simplicidade dos sentimentos,a inocência e a pureza são características da nossa gente.
Muito boa a sua postagem,amigo!
Um fim de semana com boa pescaria.Bjssssss,
Leninha

Joicy Sorcière disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Os "minerim" são nossos("do" Goiás) "primos". Aqui, trem serve pra se referir à [quase]tudooo... "trenzããããooooo", quando um homem ou mulher é bonito(a)... trem ruim(bem, nem preciso dizer), esse trem(treco, coisa, objetos e afins), o trem tá brabo(situação tá complicada) e por aí vai! É 'bão demais da conta', ver esse tanto de trem que a gente consegue expressar com uma só palavra! kkkkk

As outras expressões me fizeram rir um cadim bão!

bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

M.Cecilia disse...

é ISSO AI.CACÁ..Uai adoro ouvi los quando falam "trem"Muito espirituosa a conversa.Sucesso.Bjus\Flor*Estou com nova casa,se gostar me siga amigo
vassourinhadecapim.blogspot.com.br
Literatura Infantil...

Renata Diniz disse...

Oi Cacá! É um jeito engraçado de conversar. E o mais interessante é conseguir comunicar. Ótimo fim de semana. Abraço!

Cecília Romeu disse...

Uai, Cacá!
Vocês mineiros têm cada expressão, que é o maior barato!
Acho-as super criativas e muito próprias da região mesmo, o que confere um carisma impar nas Gerais!
Sabendo que não houve vitimas dá para se divertir mesmo :)

Grande abraço e ótimo fim de semana para ti e tua família!

Vera Lúcia disse...

RSRSRSRSRSRSRSRS.....

Coisa de mineiro mesmo, ué! Eu posso dizer porque sou uma (rsrsrsrs).

Mas que é engraçado, é...(rsrsrs)
Ô trem doido!

Excelente final de semana.

Grande abraço.

André disse...

Bom dia, José Cláudio!

obrigado pelo comentário. Vez por outra, Blogger me prega peças que interferem nas publicações, no visual e nos comentários do meu blog. Desculpe-me pela falha deles lá...

Esse seu relato me trouxe uma palavra que eu não lia (nem ouço) há uns trinta naos, por aí: pirambeira. Voltei um pouco no tempo, amigo. Porém, "trem" já é mais antigo, remonta à minha adolescência passada em Barbacena, Minas Gerais!

Felizmente que não houve vítimas, mas o susto deve ter sido "demais da conta, sô"! *rs

Um abração, meu amigo, bom fim de semana.

Yasmine Lemos disse...

kkkkkkkkkkkkkkk essa não morre de susto nem de estresse.Ótimo
bjs Cacá um fds de muita paz

Anne Lieri disse...

KKK...Linguagem bem mineira,mas como tenho uma quedinha por Minas, entendi tudinho,tim tim por tim tim desse trem!...rsss..bjs e bom final de semana!

Calu disse...

Mineiríssima explicação, Cacá, tudo contadinho do jeitinho que aconteceu, sô!
Essas delícias mineiras, dão uma saudade tremenda.
Bjos,
Calu

Adh2bs disse...

E não é que a narrativa é melhor que a foto?! Só faltou o zueirão. O finado Fernando Sabino, numa de suas imortais crônicas sobre Minas, contava do sujeito que descrevia os defeitos da TV: "... às vezes falta prosa, às vezes falta feição..."
Abç,
Adh

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo cada região tem a sua forma muito particular de falar. Passei para desejar um excelente fim de semana.
Beijinhos
Maria

Juliêta Barbosa disse...

Cacá,

Temos tanto que aprender uns com os outros nesse nosso imenso Brasil. Há uma riqueza imensa de costumes e de palavras, que traduzem a nossa maneira de ser e de agir. E, quando há respeito e admiração por essas diferenças, tornamo-nos mais ricos e mais humanos, cada um dentro da sua pátria de intimidades e, todos, formando uma só Nação. Isso é civilidade!

Vim colocar a leitura em dia! Gostei de tudo o que li. Bjs

Celêdian Assis disse...

Uai Zé, mais aqui em Minas é assim mesmo sô. A gente encurta o caminho e abrevia o trabalho e ainda economiza as palavras. Coisas que são muito urgentes na pressa do mundo moderno, mas que é atávico em nós mineiros. Objetividade e eficiência, "nenão"? Para bom entendedor pingo não é letra, ao contrário do que dizem, mas letras são pingos de sabedoria, desde que elas cumpram seu papel na comunicação. Ai está o exemplo no nosso delicioso mineirês. Adorei o seu "flash".
Abração, meu querido amigo.

Celêdian Assis disse...

Uai Zé, mais aqui em Minas é assim mesmo sô. A gente encurta o caminho e abrevia o trabalho e ainda economiza as palavras. Coisas que são muito urgentes na pressa do mundo moderno, mas que é atávico em nós mineiros. Objetividade e eficiência, "nenão"? Para bom entendedor pingo não é letra, ao contrário do que dizem, mas letras são pingos de sabedoria, desde que elas cumpram seu papel na comunicação. Ai está o exemplo no nosso delicioso mineirês. Adorei o seu "flash".
Abração, meu querido amigo.

Web Statistics