domingo, 11 de setembro de 2011

PERGUNTAS ?????

Pensamento não é só feito de imagens. Mas a palavra não é também uma imagem? Palavras e pensamentos povoam minhas imagens. Ou melhor, palavras e imagens povoam meus pensamentos. Aí, enquanto não faço nada, o pensamento faz por mim. Isso é que eu chamo de ócio caridoso. Me deu matéria prima pra alguma coisa. Essa coisa pode ser xingamento de quem lê. Mesmo assim vou me sentir bem, afinal se você não tinha o que fazer não foi bom dividir esse nada comigo? A minha filha Clara achou isso e em vez de me xingar acabou contribuindo (as duas últimas perguntas são de autoria dela). Contribua também com algo inusitado, completamente fora de propósito, lógica, sentido ou razão de ser. E vamos construindo juntos a enciclopédia dos contra.
imagem google


Onde as baratas ficam no tempo de frio?

Qual o feminino de indivíduo?

Qual é o feminino de cônjuge?

Se temos o oriente médio e o oriente próximo, onde foram parar os orientes longe,  perto, mínimo e máximo?

Por que ao descascar abacaxi nossa boca enche de água?

Por que o ponteiro da bússola só fica apontado para o Norte se o núcleo da terra que possui propriedades magnéticas fica no centro?

Por acaso joio é antônimo ou feminino de jóia?

Qual a intenção comercial de quem coloca Esperança em nomes de cemitérios?(Parque, bosque, jardim, mundo da esperança, etc.)

Num congestionamento de trânsito, a impaciência faz alguém buzinar. Aí, mais um, mais outro, mais outro. Quase todo mundo começa a buzinar. Pra quê e pra quem, se o que está congestionando o trânsito não se move com buzina?

Por que se escreve separado tudo junto, e tudo junto se escreve separado?

Qual o masculino de palavra? 

31 comentários:

Gisa disse...

Boas perguntas, melhor ainda serão as respostas, quando eu encontrar te aviso.
Um grande bj

MARILENE disse...

Só rindo, Cacá!
São questões que nem precisam de respostas, nossa mente as assimilam, de pronto! heheheheheh!

Bjs.

✿ chica disse...

rssssss...muito boas e a filha tá ajudando!!1Legal! abração,chica

Eva disse...

Noossa essas perguntas bateram o recorde e superaram as fases dos porquês infantis, essas não tem resposta serão sempre perguntas, eheh, adorei.

Meire disse...

Cacá, amigo, estava sentindo falta de seus posts!!!

Adorei as perguntas rsrs a minha:

Se dizem que ao beijarmos o sapo ele vira príncipe, será que quando beijamos o príncipe ele vai virar sapo??

Viajei, né?!!! rsrs


bjokitas e uma semana iluminada pra ti :)

Renata Diniz disse...

Cacá. Eu pensei, pensei e concluí que o meu senso de humor está muito aquém ao seu. Não sou boa nisso não! Mas, aproveito o ensejo para lhe apresentar o meu novo blog (www.renatahistoriasdamaternidade.blogspot.com). Nesse eu sou mais mãe da Laura do que Renata! Abraços!

Jaime Guimarães disse...

Cacá, algumas eu consigo responder:

Onde as baratas ficam no tempo de frio? R: Num lugar que é o MAIOR BARATO!

Qual a intenção comercial de quem coloca Esperança em nomes de cemitérios? R: para rimar com lembrança - "Cemitério Jardim da Esperança, lugar de saudade e lembrança".

O masculino de palavra é dicionário. ( isso eu já ouvi em algum lugar haahha)

Então:

*Se de segunda a sexta tem feira, porque em alguns lugares a feira funciona sábado e domingo, que não têm feira?

*Porque o Pateta fala e o Pluto só late, se ambos são cães?

* Se o vinho é líquido, como pode ser seco?

*Adão tinha umbigo?

E agora a grande pergunta, o maior mistério do universo:

* se os homens são todos iguais, por que as mulheres escolhem tanto? rsrs

Abraço, Cacá!

Celêdian Assis disse...

Olá, Zé!
Adorei as suas indagações quase filosóficas...rsrs... e ai vai a minha contribuição para a sua enciclopédia dos contra:

Porque insistem que existe a cor de burro fugido, se o bicho fugiu e ninguém viu?

um abração meu amigo.
Celêdian

Beth/Lilás disse...

Que legal! Gostei muito das perguntas e agora vou ficar esperando as respostas.
Não me ocorreu nenhuma por enquanto, mas quando tiver volto aqui.
bjs cariocas

Misturação - Ana Karla disse...

Estou aqui dando ótimas risadas.
Excelente para começar a segunda feira.
Xeros

Cantinho do Neno disse...

Oi Cacá, adorei a visita!!!
Desejo uma ótima semana pra ti!!
Bjs do neno

Georgia disse...

Respondo a última. Seria palavrao?, rs.

Muuito bom Cacá.

Tudo bem por ai?

Abracos

Cynthia disse...

Olá José, muito legal esse post.
Parabéns pelo seu aniversário dia 02. Felicidades, abraço Cynthia.

zelia maria disse...

Bem eu só queria saber quem pôs o noem de azul na cor azul. Beijo de zélia

Sueli Gallacci disse...

rsrs Maravilha Cacá! Eu adorei!!!

Vou contribuir com uma pergunta bem difícil: Para aonde vai o escuro quando ascendemos a luz? rsrs

Essa pergunta meu filho me fez quando tinha 4 anos, e até hoje não dei a resposta, ele tem 33. rsrs

Adorei seu comentário lá na minha postagem, brigadão, viu, por ter comentado mesmo eu estando em 'coma virtual' rsrs. Mas vou me recuperar!

Um beijo grande!

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Oi, Cacá. Gostei da teoria do ócio caridoso. Excelentes as questões! Obrigado pela constante presença em Consoantes Reticentes. Abraços.

Helena Chiarello disse...

kkkkkkkkkk!

Ah, que delícia!!

Aqui vão as minhas:

- Porque os pilotos kamikazes usavam capacete?

- Porque o mar vermelho é azul?

- Porque a laranja se chama laranja e o limão não se chama verde?

- Porque as pessoas apertam o comando da televisão com mais força, quando a pilha está fraca?

- Se eu perder as estribeiras, posso procurá-las na sessão de achados e perdidos?

rsssss

Adorei a ideia! Grande abraço!

Celina disse...

Oi cacá paz para todos, passei para agradecer a visita e o comentário sempre gentil, estou pensando nas tuas indagações, são ótimas mais no momento não sai nada. mais estar aqui já é maravilhoso para mim.Um abraço carinhoso. Celina.

Andre Martin disse...



"Questionar, é o que nos faz pensar!"

Quanto às suas perguntas... é pra responder? ou são apenas exemplos? rsrs

Bem, deixo as respostas para os especialistas (ou pra internet, google acha rs)

Mas comento o seguinte:

- Nem todas perguntas têm respostas que saberemos algum dia.

- Por que supõe-se que todas as palavras terão o correspondente masculino ou feminino? Como seria numa língua que tem também o gênero neutro? peguntaríamos também qual o neutro de tal feminino (ou masculino)?

- E qual o feminino de verbo?
A propósito, veja o artigo:
http://famainfame.blogspot.com/2010/04/masculino-femnino-e-verborreia.html

Mas uma coisa é interessante: as palavras são os nomes das coisas, das ações e dos conceitos e sentimento.
Então perguntar quem veio primeiro, se a imagem ou a palavras, é como perguntar do ovo e da galinha...
Como saber se na mente a imagem já tinha aquele nome, ou se nomeamos as imagens e disto fizemos uma convenção?
Diz o Texto que no princípio era o Verbo... e que da palavra as coisas se formaram... Mas parece fazer mais sentido que as coisas existiram e depois foram reconhecidas.

Enfim, concordo com a proposta: pensem! brinquem! divirtam-se!

Denise disse...

Adorei, Cacá!

Contribuo com uma dívida da minha sobrinha/afilhada quando era pequena e me observava enquanto me maquiava:

"Dinda, por que toda mulher quando vai passar rímel, levanta a sobrancelha e abre a boca??"

Vi lá na Norma que recebeu meu carinho...que bom!
Beijo pra vc, ótima semana!!!

Valéria disse...

Oi Cacá!
Nossa cabeça não pára não é?é uma necessidade , uma curiosidade incansável.
Abraço e boa semana!

lis disse...

Oi Cacá
Uma loucura essas perguntas! rs
garanto que tem as respostas , adianta aí Cacá rs
depois de uma ausenciazinha rs cá estou pra ver o que voce tem de bom por aqui, sempre bom seus textos, eu gosto muito.
Estive passeando entre as fotos da Bienal e pude conhecer um pouco sua familia, os amigos.Gostei.
um abraço de chegada

Suely disse...

Algumas divertidas, outras pra pensar. Todas, no maior humor. Valeu. Beijos.

Dayse Sene disse...

(Risos). É como diz" Apertou-me, sem abraçar..."
Muito interessante!
Um lindo dia.
Um grande abraço.

Emíliana disse...

To rindo aqui com as perguntas,eu acho que joio é o "masculino" de joia...rsrs
Muito bom,Caca!!!
Boa semana,bjka

Web Statistics