sábado, 1 de agosto de 2009

MANILHA

Manilha*

Estagiário é patético! Primeiro passa pelo trote quem nem universitário (com menos crueldade do que atualmente). Depois dá mancadas por conta própria. Coisas de aprendizado procurado a todo custo. Mostrar interesse para ver se é fichado, mostrar serviço, enfim. Conhecimentos adquiridos na escola, nem tanto.

Pois Walter Jr., um bitelão de quase dois metros (ainda bem!) foi mandado buscar umas manilhas bem grandes a fim de servirem de apoio para suspender a estrutura da enorme peneira de minério que estava sendo desmontada na manutenção geral da usina. O prédio tinha três andares e o serviço era no último. Desceu a todo galope a escadaria e demorou. Demorou, demorou. O supervisor já havia providenciado outras e o serviço estava pronto quando ele apareceu, suando em bicas, com a língua para fora, carrregando uma enorme manilha de barro dessas usadas para escoamento de água e esgoto. E ainda pediu para que alguém o ajudasse a descer lá em baixo para trazer o restante. Só havia encontrado quatro num canteiro de obras por perto e ainda teve que negociar com o mestre de obras exaustivamente, pois o mesmo não entendia a razão dele querer levá-las lá para o alto do prédio. O cansaço dos mecânicos ali em volta esvaiu-se nas risadas.

_____________________________________________________________________________________

*manilhas usadas na manutenção são peças de metal, dobradas em forma de “U”, tendo um pino com rosca atravessado por entre suas duas extremidades. É prendida na peça a ser erguida com um cabo de aço ou corda.

1 comentários:

Jaime Guimarães (Groo Veiga) disse...

Cada coisa que o estagiário tem que submeter-se...diante das manilhas, até o "faz um cafezinho pra gente" é moleza.

E "limpa o chão quando acabar o expediente" também.

E "limpa o banheiro, estamos sem faxineira hoje".

E deixa pra lá...

Web Statistics