quarta-feira, 5 de agosto de 2009

NOTÍCIA-POEMA PELADO

EMPRESA LIBERA FUNCIONÁRIOS PARA TRABALHAR SEM ROUPAS

Esqueça qualquer palestra ou curso de motivação de equipes que você já assistiu. Se você realmente quer motivar um grupo de trabalhadores, basta deixá-los nus. Pelo menos é assim que pensa o dono de uma empresa de marketing e design em Newcastle, Inglaterra.

Parece brincadeira, mas imagine se a empresa em que você trabalha resolvesse pedir para que todos fossem trabalhar sem nenhuma peça de roupa. O escritório decidiu quebrar as tradicionais regras do bem-vestir, orientada pelo psicólogo David Taylor e encorajada pelo chefe. O objetivo é alcançar melhores resultados e impulsionar o espírito de equipe.

O evento, batizado de Naked Friday (sexta-feira nua, em português), foi considerado um grande sucesso. A diretora, Sam Jackson, que tem apenas 23 anos, disse ao jornal britânico Daily Mail que “foi fantástico”. “Agora que nos vimos nus, não existem mais barreiras. Não fomos pressionados. Se quiséssemos vir vestidos ou apenas com a peça íntima, não teria problemas. Mas eu adoro meu corpo e não fiquei envergonhada“, concluiu ela.

Naturalmente, não foi fácil. Durante a semana que antecedeu o acontecimento, os funcionários foram encorajados a levar fotos de partes de seus corpos para torná-los mais confiantes. Um modelo nu também foi levado ao escritório para que eles pudessem interagir e acabassem de vez com a timidez.

Sam acrescentou: “Levou uma semana para que pudéssemos criar coragem. Foi um momento de grande tensão, mas descobrimos que éramos capazes de falar mais honestamente uns com os outros. A empresa melhorou de forma maciça.”

Resta saber se alguma empresa brasileira se interessa pelo método.

Fonte: http://colunistas.ig.com.br/obutecodanet/2009/07/06/empresa-britanica-coloca-funcionarios-para-trabalhar-sem-roupa/

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Não sou bravo nem forte, nem filho do norte.

Mas eu vi

Bundas e peitos em fartura

Lelecas , bililius, soltos sem corte

Relaxados e nada excitados

Apenas desnudos na execução

Meninos, eu vi.

Ninguém assanhado , ninguém “atirado”

Não deu confusão

A chefa, primeira,

tomou dianteira

Mandou todo mundo

ficar peladão.

Gente pelada para todos os lados

Tirando xerox nas repartições

Pra lá e pra cá

Sem frio ou calor

Nenhum arrepio

Nas peles desnudas,

meninos eu vi.

Na hora do lanche, da venda ou almoço

Será que pelados , não deu alvoroço?

E se as visitas, clientes, vizinhos

Achando calientes

Resolvem arriscar?

Um olho em produtos

e outro nos frutos

Que os corpos pelados

Permitem mostrar?

Está funcionando a todo vapor

A firma da turma

Que roupa não usa

Mas que tem valor

Cria, vende, lucra

E ninguém recusa

Meninos, meninas

Que coisa maluca

O que escrevi

É coisa bem séria

Não é para rir

Nem é deletéria,

meninos, eu vi.

1 comentários:

Aliz - jornALIZta disse...

Cacá, eu não consigo parar de rir!
Fiquei imaginando se a empresa onde trabalho resolve adotar a ideia. Pai do Céu!
kkkkkkkkkkkkkkkkk
Muioto bom o seu poema temático...rsrs, como sempre.

Web Statistics