terça-feira, 26 de maio de 2009

PAI

PAI, VOVÔ, BISA, SOGRO, TIO, COMPANHEIRO,


Falar de quem chegou aos oitenta, simplesmente como quem vai a algum lugar, é fácil. Basta mapear seu caminho, suas paradas e pronto. Saiu, andou, chegou. Há os que trilham os caminhos, há os que observam em sua volta, mudam as rotas, as paisagens. Fazem um mundo diferente para si e para os outros, criando uma fortuna.


Agora, queremos falar a você sobre sua fortuna. Não no sentido da fortuna que se deposita ou se tira nos bancos. É a fortuna dos sábios. A fortuna crítica. Aquilo que se plantou e se colheu pela vida afora.

Você é um afortunado.


- Afortunado por colher com tanto amor e alegria uma família sólida; Teve dores sim, mas muito mais alegrias;

- Afortunado porque construiu amigos desses que a gente não dispensa a companhia em nenhuma hora por elas serem o nosso segundo passo na caminhada. Dá-se um passo e os amigos dão outro, juntos;


- Afortunado porque houve uma compreensão de que sua cidade, sua comunidade, o seu espaço de vivência tinha que ter a sua participação para que fosse cada dia melhor para todos e assim tem sido, desde que você pos suas mãos, seu suor e, sobretudo, seu coração em cada momento de pavimentar esses chãos de Itabira.


- Afortunado porque é no reconhecimento que reside todo o seu legado social, cultural, político, familiar e pessoal. E esse reconhecimento não é de agora, só pelo seu aniversário. Ele é visto e vivido todos os dias. Basta ver as companhias que te rodeiam por querer sempre ter o prazer da sua companhia. Basta ver que tanta gente que se ajunta em torno de você não faz isso com outro interesse e vontade senão de partilhar de seu carisma, de sua generosidade, de sua disponibilidade, de sua crença na coletividade como meio e como fim de todas as realizações e conquistas. Nós, seus filhos, seus netos, bisnetos, seus genros, suas noras, sua companheira somos muito agradecidos por essa fortuna. Todo esse nosso amor não foi transferido assim só de sangue para sangue. Foi construído numa base tão firme que não dá para esquecê-lo jamais.


E agora José? Agora a festa vai começar.


PARABÉNS DESSA SUA IMENSA FAMÍLIA QUE TE AMA.

HOMENAGEM a José Felipe Adão, patriarca, 80 anos

2 comentários:

Nina disse...

Queria estar aí para partilhar com vocês deste dia especial edar um abraço caloroso no nosso pai, que na verdade é um Grande Pai...

SIMEI DE ALMEIDA disse...

Cacá:

Que linda homenagem você faz ao Sr. José Felipe Adão.

Parabéns a você e ao Sr. José Felipe Adão!!

Abs.

Web Statistics