segunda-feira, 2 de julho de 2012

CARDÁPIO DE BAR POLITICAMENTE CORRETO


Agora que a onda do politicamente correto restringiu bastante o universo das piadas, o jeito é usar o velho jogo de cintura e fazer o que? Piada com o politicamente correto, né não? Aí eu me lembrei daquela da padaria:

Uma senhora entra numa confeitaria e pede ao balconista uma torta "nega maluca". O balconista diz à cliente que usar o nome "nega maluca", hoje em dia, pode dar cadeia, em face da lei Eusébio de Queiroz; artigo quinto da constituição; código penal; código civil; código do consumidor; código comercial; código de ética; moral e bons costumes, além da lei 'Maria da Penha’....

- Então, meu filho, como peço essa torta?

E o atendente responde:
- Torta afro-descendente com distúrbio mental.

Depois dessa e a pedidos, estou desenvolvendo um menu para o bar do meu amigo Beiçola, (que também já está reivindicando mudança de seu apelido para “lábios carnudos em demasia.”). Está ficando mais ou menos assim a sua “carta de degustação paga” (antigo cardápio de tira gostos). E aceitam-se sugestões:

Galináceo cirurgicamente dissecado = Frango a passarinho

Suíno com a pele encrespada pelo calor = Leitão a pururuca

Peixe traiçoeiro do qual foi retirada a coluna dorsal. =Traíra sem espinha

Cortes cirúrgicos fritos do tecido hepático bovino em benefício do ser humano carente de ferro e outras substâncias protéicas, acompanhados de bulbo, tubérculo ou leguminosa (com queiram) frita em rodelas = Fígado de boi acebolado

Adiposidade suína em pedaços, reduzida em incisões e alterada em óleo vegetal de alta temperatura. (deve ser consumida com moderação a fim de não haver transferência de lipídios saturados animal/homem) = Torresmo

Carne bovina salgada, bronzeada e serenada com o fim de conservação, manutenção de suas propriedades protéicas, bem como a obtenção de sabor especial (acompanhada de tubérculo comestível) = Carne de sol com mandioca.

Prezado consumidor, cliente e cidadão pleno de direitos: as explicações são longas, mas o prato é fundo a fim de compensações por eventuais insultos à sua cidadania cansada. Aos vegetarianos, veganos e macrobióticos as nossas sinceras desculpas (por enquanto).

(A Gerência)


PS: CONVIDO A TODOS PARA CONHECEREM O MEU MAIS NOVO BLOG: SOMOS TODOS PERSONAGENS.
Obrigado. Paz e bem.






 

38 comentários:

Marcio JR disse...

O tempo passa, o tempo voa, mas o Brasil continua @#@%%%#@#@.

Hehe. Desculpa, Cacá, mas não achei nenhum termo politicamente correto pra substituir o palavrão que iria inserir acima.

Dei boas gargalhadas, mas também pensei no lado sério e, principalmente, hipócrita dessa situação. Lembrei-me de imediato lá da sua crônica, onde você noticiava que a Inglaterra quer abolir os termos "gordo e obeso" do dicionário. Pois é. Ninguém ficará mais magro com tal atitude.

Tal princípio se aplica aqui. DE QUE ADIANTA SER POLITICAMENTE CORRETO, SE A DISCRIMINAÇÃO ESTÁ NÃO APENAS IMPLÍCITA, MAS TATUADA EM TERMOS, EXPRESSÕES, GESTOS, ATOS E SERES HUMANOS?

Mudar termos, qualquer um muda. Mudar atitudes é mais difícil. Conscientizar então, isso demora ainda mais. E de que adianta mudar termos, sendo que os exemplos que chegam de cima (autoridades) continuam sendo os piores?

O que é mais "politicamente INCORRETO"? Chamar alguns (veja que citei alguns, e não todos!) políticos de ratos, ou chamar os ratos de políticos? Quem ficaria mais ofendido nessa questão?

Dá o que pensar, nénão? hehehe.

Cacá, bom amigo. Parabéns pelo novo blog, e vamos que vamos. Abraços e boa semana.

Marcio

✿ chica disse...

rsssssssss...Complicam tanto que a coisa vai acabar sendo assi...

Vais ser contratado pra muitos bares...rs Legal sempre aqui!!abração,chica

Rô... disse...

oi meu amigo,

ri muito sozinha agora,
e não duvido nada que as coisas caminhem pra esse lado,
pois o que realmente importa fica esquecido quando conseguem desviar nossa atenção para assuntos sem importância e nos entreter com discussões sem sentido...

isso é Brasil!!!
beijinhos

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Bom dia Cacá!
Adorei sua crônica.
Fala sério e de que adianta trocar os nomes se o preconceito ainda existe e vai continuar existindo?
Mas pelo menos no texto os termos ficaram compridos mas engraçados,hehe.
Uma ótima semana pra ti.
abração com carinho

Liliane Blog Sonhar e Ser disse...

Cacá... caríssimo amigo.
Fantástica sua expressão.
Coerente.
Neste país existe o apego a detalhes que não acrescentam nada e princípios fundamentais para a boa convivência, como o respeito, são totalmente ignorados.

Acho que é uma forma de escapar da responsabilidade da mudança.

Como bem disse o Marcio JR,"... DE QUE ADIANTA SER POLITICAMENTE CORRETO, SE A DISCRIMINAÇÃO ESTÁ NÃO APENAS IMPLÍCITA, MAS TATUADA EM TERMOS, EXPRESSÕES, GESTOS, ATOS E SERES HUMANOS?"

Grande abraço.
Vou lá conferir o novo blog...

Vera Lúcia disse...

Oi Cacá,

Fiquei imaginando a cara do Agostinho ao ler este cardápio (rsrsrsrsrs).
Ri muito de sua crônica.
Também acho irônico o princípio politicamente correto, se vejo pouca coisa correta, politicamente falando.

Preconceito é algo que está dentro das pessoas. Por exemplo, essa causa de vagas para negros nas faculdades...não seria uma tremenda discriminação? E os próprios negros a apoiam.

Excelente, Cacá! Vou lá conhecer o seu novo blog.

Tenha um ótimo dia.

Abraço.

pensandoemfamilia disse...

Não é que a piada já passa a ser quase real, rs,rs. Quanto complicação.
bjs
Parabéns pelo novo espaço.

Vivian disse...

Olá,Cacá!!!

Bah!!rsrs
Tem coisas que complicam!!!rsrs
Mas acho que este cardápio politicamente correto está muito difícil!!!Será que o povo entende??!!
Melhor seria se não existisse preconceitos...assim nada disso seria necessário,né?!
Beijos,pra ti!
Ótima semana!

Casal 20 disse...

Tá difícil, não é Cacá? Esse patrulhismo até em cima das piadas! A coisa está difícil... Blog novo? Vou lá conferir agora!

Abraços sempre afetuosos.

Fábio.

Valéria disse...

Oi Cacá!
rsss
Hoje está complicado mesmo, daqui a pouco não saberemos mais como falar. Acho um horror tentar mudaar palavras e xpressões dos grandes nomes da literatura, como se eles falassem ou escrevessem por maldade.
Abração e uma ótima semana!

MARILENE disse...

Amei sua abordagem. Ainda estou rindo do recurso adotado para manter o politicamente correto. De que adianta mudar as palavras se o sentimento permanece o mesmo, para alguns? O que merece uma lavagem é o preconceito, não a forma denominativa que, em si, não ofende. Não são as palavras que machucam, mas o sentido que lhes dão e a forma de colocação.
Bjs.

Leninha disse...

Meu querido Cacá,

Eita paízinho complicado meu Deus.Se Jesus Cristo voltasse à terra diria que os sepulcros caiados estão todos aqui...hipocrisia e politicamente correto caminham pari passu.
Bjsssss,amigo,
leninha

Toninhobira disse...

Tinha que ser voce.
Otima contrução amigo, para encobrir a hopocrisia nada como o humor que as trocas provocam.

Mas me assanhou ler o Torresmo,kkkkk

Já que está com as mãos nas massas trabalhe em cima das bebidas: Leite de onça, calcinha cor de rosa,doce baba de moça, cachaça amansa corno,do remedio Elixir cabeça de negro etc.

Um abração Zé.
Bela semana.

Juliêta Barbosa disse...

Cacá,

Estamos aqui, eu e minha filha, curtindo esse texto que é uma verdadeira benção para o coração. Há tempos que eu não dava uma boa gargalhada. Obrigada! Vou visitar o seu mais novo blog. Bjs

Cissa Romeu disse...

Uai, Cacá!
haha

Esse assunto foi conversa de uma janta com amigos, certa vez, e rimos muito.
Um deles querendo zoar com outro o chamou de:
"animal das montanhas que possui chifre, da mesma espécie do conhecido personagem da Disney de nome Bamby"
hahaha!

Ótimo e ótimo!
Abração e ótimos dias!

Marcelo Pirajá Sguassábia disse...

Sensacional, Cacá! Me diverti muito. Meu abraço, ou melhor, meu amplexo.

Helena Frenzel disse...

Muito criativo, gostei demais! Quando vivi no Brasil a coisa não era assim preta, digo: escura, ops! obscura; menos clara, quis dizer! Saída pela direita ou seria pela outra esquerda de lá? Eu, hein? Um abraço fraterno! Tão logo tenha outra folga passo para conhecer o seu novo espaço. Fui!

M.Cecilia Flor. disse...

Um Sol para Ti,.com licença vou rir,gargalhar,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk que barato irado,além do "Politicamente Correto"Temos agora os benditos Sustentáveis"Mas que discordância,choque de Criar leis e não Cumprí-las.Tipo faça o que eu mando,e não o que eu faço.
Tudo neste nosso infeliz Brasil,que "PAROU"se perderam em tantos caos que nos apresentam e os roubos estes diminuem mas não acabam.Olhe Cacá,estou apreensiva..com tanto descaso desta Presidentaaaaaa,já que ela acha que o problema está no E-
Valeu.Sucesso.Bjus\Flor*

Tretswelt disse...

Oi!:)))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))))).Demais.Gostei,aqui e assim tambem ,os alemaes ja tem medo de ir ao restaurante e pedir um "bife cigano(Zigeuner Schnitzel)...e eu sou agora uma cidada imigrante com excesso de pigmentacao,pode?hihi.Uai mundo?
Esqueci de te dizer ou nao?a casinha fica em Pote a 38 km de Teofilo Otoni,mas com certeza sera uma honra te receber la no meu refugio mineiro,ai visitaremos algumas fazendas de amigos.Ah...meu marido Stephan esta aprendendo portugues agora(depois de 15 anos de casados)e leu seu artigo sobre o euro...bem devagarinho mas leu...:).Bju.Lu

Sueli Gallacci disse...

Adorei Cacá!!! Com muito bom humor vc expõe toda a hipocrisia que existe em torno disso. O que deve ser mudado são as atitudes e não os nomes!

Bjo grande, parabéns pelo novo blog, já fui lá assuntar rsrs.

Jacques disse...

Boa tarde, Cacá.
É impressionante como o ser humano, ao contrário do que deveria, tem ser tornado cada vez mais autocentrado e imediatista, o que origina estes absurdos "politicamente corretos" que de nada servem.
Só o bom humor mesmo pra detonar com isso; uma destas expressões que me veio a mente foi "realizar uma análise organoléptica de uma interação hidro-glico-cítrica", ou seja, beber uma caipirinha.
E a grande vilã do aquecimento global deve ser mesmo a sacolinha plástica, meu caro, que, além de entupir bueiros e causar enchentes, rasga nos momentos mais inoportunos.
Abraço, Cacá.

Tunin disse...

Ri à beça, Cacá. Acho que as coisas estão tendendo para esse lado, viu?
Abração.

ValériaC disse...

Adoreiiii Cacá! Dei boas risadas enquanto lia.
Logo vou conhecer seu blog novo, viu?
Beijos e ótima semana amigo,
Valéria

Calu disse...

Momento de total descontração.Ri muito, tanto de teu post genial, quanto dos absurdos que se criam ante estas normas mascaradas de correções às prováveis injustiças.
Os cardápios de bar vão exigir leitura atenta,heim?
Bjos amigo Cacá.
Calu

Calu disse...

Momento de total descontração.Ri muito, tanto de teu post genial, quanto dos absurdos que se criam ante estas normas mascaradas de correções às prováveis injustiças.
Os cardápios de bar vão exigir leitura atenta,heim?
Bjos amigo Cacá.
Calu

Renata Diniz disse...

Oi Cacá! Não sei se está mais crítico ou melhor humorado. Os dois. Por isso, genial. Abraços!

Artes e escritas disse...

Cacá, estou rindo até agora porque falei que amava "vaca preta" na juventude e quase apanhei por tomar a inocente coca-cola com sorvete de creme, daí me lembrei do ultrapassado drink Cuba-libre, que eu agradecia mas deixava para o próximo, e me calei, antes de ser chamada de radical (deixando para o próximo eu seria pró ou contra? Fiquei em dúvida):))) Um abraço, Yayá.

Joicy Sorcière disse...

Oi Cacá... tudo bem?!?!!?!? Ah, meu querido... com essa onda do politicamente correto, maximizou-se a danada hipocrisia! Confesso que já entrei em muitos perreps por conta disso! haahahahah... sinceramente!?!?!?!? Florear as coisas não adianta de nada. Só se torna uma chatice sem tamanho! hahahah...

Vou lá conferir seu outro cantinho! :)

bjks JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

André disse...

Meu caro José Claudio, me diverti bastante com essa sua (literalmente) saborosa crônica. Realmente, o politicamente correto virou moda, amigo, mas eu tenho cá minhas dúvidas se não passará mesmo de um modismo, apenas.

Como bem sublinhou nosso amigo Marcio JR, de que adianta ser politicamente correto se a descriminação continua existindo nas pessoas, não é mesmo? mas, quem sabe talvez que, de moda e desajeitada, essa tendência seja necessária para formar novas consciências amanhã. Sabe aquele ditado "água mole em pedra dura…."?

Pois é, essa sua crônica me lembrou uma história, já muito antiga, em que uma pessoa dizia a outra: "Vc acredita que existem seres humanos que são capazes de comer o embrião de certas aves, misturada à gordura e aos fiapos da carne ressecada de certos animais?" Vendo que a outra ficara horrorizada, a pessoa retrucou: "Mas eu só estou falando de ovos com bacon, uai!" (a pessoa era mineira *rs)

Pois é, como você pode ver, meu amigo, o politicamente correto sempre nos leva a refletir, e isso é sempre bom.

Excelente, José Claudio, meus parabéns! e muito obrigado pelas visitas e generosos comentários que sempre deixa às minhas letrinhas. Fico muito feliz. Um forte abraço,

André

Ivana disse...

Olá Amigo Cacá
Quanta criatividade para falar num assunto que às vezes me irrita! Não pode falar isso, não pode falar aquilo porque é preconceito! Preconceito de quem? De quem fala ou de quem ouve? Está mais para quem ouve!

Uma ótima noite, um abraço!

Tais Luso disse...

Vou lembrar de pedir uma torta afro descendente... Essa achei demais. Palavras... Como se fossem mudar preconceitos! De boas intenções o inferno tá cheio, mas ninguém nota que palavras não mudam nada.

bjs e estou esperando a postagem do novo blog!!!

Maria Rodrigues disse...

Excelente Cacá, hoje estava mesmo a precisar de ler algo assim, pois o humor sempre alivia a alma, não é mesmo?
beijinhos
Maria

LUCONI disse...

Querido amigo, estou retornando aos poucos, quero te agradecer o carinho e apoio, amigos como você fizeram e fazem toda diferença.
Adorei sua crônica, mas deste jeito fica meio complicado não acha?
Vou lá conhecer tua nova casa, beijos Luconi

Adh2bs disse...

Mestre Cacá...
Agora que eu consegui parar de rir e imaginar a moda lançada por você em bares e restaurantes, me lembrei de um episódio da faculdade. Um colega e eu, cheios do modismo de nomear com estrangeirismos os ambientes nos projetos, fizemos uma planta de uma casa (trabalho de uma das disciplinas) escrevendo os nomes conforme a moda (hall, living room, dinning room, wc, etc.) e fizemos uma tabela ao lado como legenda (entrada, sala de estar, sala de jantar,banheiro...); só de sacanagem! Mas não adiantou: pega uma planta hoje em dia e tome fitness, lounge, lobby, gourmet e outras bossas!!!
Sobre esse negócio do politicamente correto (um purgante quando entra na senda da paranóia exagerada), tenho um amigo, negro, que vive dizendo pra gente que é afro-descendente o escambau: "eu sou é negão, mesmo!" E tem que ver ele contando piada de "pessoas com opção sexual alternativa...": com todo o respeito!
Mestre, grande abraço, ótima semana!
Adh

Jaime Guimarães disse...

Olha, Cacá, vou te falar uma coisa: nada é mais irritante do que essa onda politicamente correta que assolou nossos tempos. Tenho até medo de expressar alguma opinião porque não sei se poderei ser processado ou alvo da fúria dos inúmeros "istas" que estão por aí.

De repente até cantar "atirei o pau no gato" e vestir uma fantasia de macaco viraram alvos desta turma. Não duvido que queiram mexer nos cardápios em breve, também.

Um abraço, mestre!

Inaie disse...

detesto o politicamente correto... oficializaram a hipocrisia!!

Maria Levy disse...

Hoje em dia todos temos que ser politicamente corretos, ate para pedir comida, porque a outra pessoa pode se ofender facilmente.

Web Statistics